ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

DeLaval OceanBlu: Inovação no pré e pós-dipping

DELAVAL - PRODUÇÃO DE LEITE EFICIENTE

EM 12/07/2021

5 MIN DE LEITURA

0
0

Diariamente na rotina de ordenha adotamos os processos para higiene do úbere antes e pós ordenha (pré e pós-dipping) é importante que a decisão de escolher o produto correto esteja relacionado aos nossos desafios e metas. O ideal é que esse produto eliminasse todas as bactérias de forma rápida, sem comprometer a saúde da pele dos tetos e não deixasse resíduos no leite. E não para por aí, buscamos também um ótimo “custo/benefício”, fácil aplicação, produtos testados por especialistas e que outros produtores já tenham boas histórias sobre ele para contar.

Conheça um pouco mais sobre o propósito do pré e pós dipping:

Os produtos para higiene do úbere antes e pós ordenha (pré e pós-dipping) empregados para a antissepsia ou desinfecção dos tetos, é uma ferramenta importante na prevenção de mastite em rebanhos leiteiros.

A desinfecção dos tetos antes da ordenha (pré-dipping) objetiva reduzir a incidência de infecções intramamárias (IIM) causadas por patógenos ambientais (Pankey e Drechsler, 1993). Enquanto a desinfecção dos tetos após a ordenha objetiva reduzir a incidência de IIM causadas por patógenos oportunistas e contagiosos (Pankey et al., 1984).

O componente mais importante de um desinfetante de teto é o princípio ativo que promove a ação germicida. O objetivo do componente ativo germicida é eliminar patógenos que possam causar mastite (log5 de redução ou 99,999% da quantidade inicial de microrganismos). 

Outros componentes esperados nos produtos de pré e pós-dipping, são:

  • Emolientes e umectantes que promovem a hidratação da pele dos tetos;
  • Surfactantes que auxiliam na remoção de matéria orgânica;
  • Corantes que proporcionam a correta visualização do produto aplicado.

Os componentes ativos germicidas mais comuns são: iodo, hipoclorito de sódio, dióxido de cloro (esses oxidativos), ácido lático e clorexidina (não oxidativos). 

Há muito tempo o mercado brasileiro não recebia novidades em relação aos princípios ativos germicidas não idodados que tivesse eficácia comprovada e que poderia ser utilizado no pré e pós-dipping de todas as formas possíveis (espuma, líquido e spray). E para facilitar a vida dos produtores na missão de melhorar a qualidade do leite e manter a melhor qualidade da pele dos tetos das vacas, a DeLaval traz para o Brasil um produto já consagrado em outros países como solução premium, o OceanBlu™. 

Desenvolvido para atuar nos desafios de grandes fazendas e com um custo de investimento baixo, a sua fórmula utiliza o ativo ácido glicólico, uma molécula já presente no leite associada a uma tecnologia chamada Glytec™ que garante a performance dos OceanBlu™, dip premium da DeLaval.

Já ouvimos o ditado, “como esperar resultados diferentes se continuamos fazendo a mesma coisa”. E com certeza a decisão de mudar faz parte do processo de melhoria. Mas na hora de mudar a DeLaval se certificou que o OceanBlu™ fosse a melhor opção não iodada para o mercado premium. O processo de intensificação da produção por meio dos barracões irá trazer novos desafios, então melhor conhecer as novas possibilidades e viver um nova experiência! Faça como as grandes fazendas no mundo já fizeram, procure um dos nossos especialistas na nossa rede de revendas autorizadas e saiba mais sobre o OceanBlu™.

Conheça um pouco mais sobre o ácido glicólico e a tecnologia Glytec™:

O ácido glicólico, princípio ativo germicida do OceanBlu™ já é muito conhecido na indústria de cosméticos por sua ação na renovação celular, hidratação e rejuvenescimento da pele.  Mas então como uma molécula que possui atuação na hidratação e renovação da pele é utilizado como um potente ativo germicida? 

Isso foi possível graças à tecnologia Glytec™ que oferece uma fórmula única, combinando o ácido glicólico com a tecnologia patenteada de surfactantes, que fornece sinergia para aumentar a atividade bactericida. O resultado é o primeiro dip não iodado de alta performance.

Uma característica importante do ácido glicólico é que ele é uma molécula naturalmente presente no leite, sem nenhum risco de deixar resíduos, além de ser de tamanho pequeno que permite agir na pele estimulando a atividade celular. Atua também como condutor, permitindo melhor ação dos demais ingredientes emolientes presentes na formulação do produto, nesse c aso a glicerina e sorbitol. 

Todas essas características são extremamente desejáveis pois contribui para uma melhor condição da pele do teto. E para demonstrar a potente ação germicida foram realizados experimentos em campo, e in vitro.

Conheça um pouco mais sobre as pesquisas e testes do OceanBlu™:

A DeLaval publicou no Jornal Dairy Science, em 2016 alguns estudos que comprovam a eficácia do OceanBlu™ comparado com os principais produtos iodados. Isso foi uma grande evolução ao setor, pois a busca em termos produtos com menor impacto ambiental sem perdermos a eficácia no controle da mastite, têm sido uma forte tendência em todo o mercado.

Vejam abaixo os resultados encontrados, esse experimento foi realizado a campo em fazendas nos Estados Unidos.

OceanBlu

OceanBlu DeLaval

Os dados demonstraram uma redução na IIM com a utilização do OceanBlu™, característica principal que o produtor de leite busca em todo produto de pré e pós-dipping. Então, além de todas as características que o produto possui na melhoria da condição da pele do teto devido a presença do ácido glicólico e os emolientes, ele demonstrou segurança no combate aos microrganismos que afetam a saúde do úbere. 

Outro experimento importante analisou a eficácia do OceanBlu™ para matar os microrganismos que afetam a saúde do úbere, em 15 segundos, comparado também com produto consolidado no mercado.

E, os dados demonstraram eficácia comprovada. Ele é capaz de reduzir 99,999% dos microrganismos em 15 segundos, sendo uma ótima alternativa para desinfetar os tetos antes da ordenha.

Pré e pós-dipping

A linha do OceanBlu™ atualmente está completa, consegue atender qualquer desafio presente nas fazendas leiteiras, com produto para o pré e pós dipping OceanBlu™ Pre-Post, e para o pós dipping com efeito barreira OceanBlu™ Barrier.

Venha conhecer um novo conceito tecnológico no mundo dos dips.

DeLaval sempre a frente buscando inovações e alternativas ao produtor de leite do Brasil e do mundo.

 

DeLaval OceanBlu™ Pre-Post

A inovação em suas mãos!

OceanBlu Folheto Digital

 

Referências:

Godden, Sandra. Estudo randomizado de não inferioridade avaliando a eficácia de um desinfetante de teto pós-ordenha para a prevenção de infecções intramamárias de ocorrência natural, Journal Dairy Science 99:3675–3687, 2016.

Lago, Aloson. Eficácia dos desinfetantes de teto pós-ordenha à base de ácido glicólico e à base de iodo para prevenção de novas infecções intramamárias em gado leiteiro, Journal Dairy Science 99:7467–7472, 2016.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint