FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Adubação: intensificação de pastagem e seu impacto na pecuária

POR ESALQ JR. CONSULTORIA

PRODUÇÃO DE LEITE

EM 16/09/2020

3 MIN DE LEITURA

0
2

Não existe muita diferença na adubação de pastagem para pecuária de corte e pecuária leiteira. O manejo de pastagem para ambos os tipos de pecuária é bem parecido, uma vez que o intuito da adubação está na intensificação e otimização da produtividade da forrageira – intensificação de pastagem, fornecendo assim mais nutrientes para o animal.

Atualmente, o Brasil detém o maior rebanho bovino comercial do mundo e é o maior exportador de carne bovina. Entretanto, mesmo com um mercado aquecido, tanto interna quanto externamente, a tecnologia no campo não está tão presente. A pecuária extensiva é predominante nesse âmbito, fazendo com que o manejo da forragem seja mais difícil e complexo.

Na pecuária leiteira, para que os produtores consigam intensificar sua pastagem de maneira mais eficiente (dadas as suas condições), é fundamental a utilização de seus recursos forrageiros e da área disponível da melhor maneira possível. Isso acontece porque, geralmente, propriedades destinadas à produção de leite são menores que as de corte, reforçando a importância do aproveitamento máximo dos recursos disponíveis.

Intensificação de pastagem

Então, ao falarmos sobre adubação de pastagens, estamos pensando em intensificação, ou seja, a intensificação do recurso forrageiro. Mas como aplicar essa intensificação na minha propriedade?

Respondendo à questão anterior, deve-se ter em mente que não é do dia para a noite que se tem um pasto intensificado e otimizado. Para buscar uma produtividade mais alta e constante, a implementação das técnicas deve acontecer de maneira gradual. O processo de intensificação se inicia em uma pequena área (1% a 5% da área total), para que ali se torne uma “sala de estudo” para o produtor – tanto de manejo quanto de adubação. Conforme for se familiarizando com as técnicas de manejo e adubação, sua área de ação efetivamente vai aumentando e escalonando para toda pastagem.

Os cuidados com o solo são essenciais, ainda mais em uma produção mais intensiva como é a da pecuária leiteira. Logo, análises do solo anuais, ou bienais, têm muita relevância para o completo entendimento do solo a ser trabalhado e só assim será possível entender as reais deficiências e demandas solo.

Macronutrientes

Nos aprofundando mais no estudo do solo, não podemos deixar de falar sobre macro e micronutrientes. Ao manter os animais no pasto ocorre uma grande extração de nitrogênio (N) e potássio (K) do solo, logo deve-se tomar cuidado com a administração correta destes macronutrientes, ainda mais nos momentos iniciais, afim de manter uma boa produtividade da pastagem. Além destes dois macronutrientes, destaca-se também o fósforo (P), que, mesmo não estando tão presente na matéria seca quanto os outros, também é de extrema importância na nutrição dos animais. E mesmo sendo difícil a elevação da concentração de fósforo no solo, é fundamental que sua concentração esteja próxima a 10 ppm/hectare para começar o trabalho de forma intensiva.

Correção de solo

Como já foi explorado anteriormente, a produção de forrageiras e sua intensificação está intrinsecamente ligada com a qualidade do solo. No Brasil, temos ciência de que os solos são mais ácidos, o que dificulta o desenvolvimento das forrageiras nas propriedades. Para contornar este problema, a correção do solo se torna uma peça chave na intensificação da produção, sendo a calagem e a gessagem os procedimentos mais práticos.

A intensificação do solo é algo complexo e que exige empenho e estudo para entender melhor as demandas e necessidades do seu solo. É preciso paciência, investimento e estudo para um bom resultado e, consequentemente, uma maior escalabilidade da produção.

Texto escrito por Vitor Serrano Theodoro Pinto, consultor da ESALQ Jr. Consultoria. Para conhecê-los melhor confira www.esalqjuniorconsultoria.com.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint