FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

O que impacta mais no orçamento da fazenda leiteira: o dinheiro que sai ou o que deixa de entrar?

ESPAÇO ABERTO

EM 23/11/2018

12
17

                         Autor do artigo: Fabrício Nascimento,  produtor de leite em Jóia, Rio Grande do Sul. 

Se olharmos 10 anos para trás, veremos que muita coisa mudou nos investimentos dentro de uma propriedade leiteira. Mas muita coisa continua estagnada. A falsa ideia de economia, que faz o produtor não investir por medo do que vai gastar,  sem pensar no que poderá ganhar, continua a mesma. 

É preciso entender que o que buscamos é o dinheiro que entra e ele não vai entrar se não investirmos. É preciso por na balança para ver o que pesa mais, o que pagamos por algo ou o que este algo pode gerar. Na grande maioria das vezes que deixamos de investir em algo para não gastar, acabamos deixando de ganhar muito mais .

O que pesa mais? Gastar 10 em um alimento que vai te gerar 100 ou gastar 5 em um alimento que vai te gerar 30?

O que pesa mais? Gastar 10 em um pré-parto que vai te gerar 100 ou não fazer pré-parto para não gastar e aí, além de deixar de produzir 100, estará predispondo a vaca a várias doenças que acarretaria um gasto bem maior?

O que pesa mais? Gastar 10 em um medicamento que vai curar uma mastite e te gerar 100 ou gastar 3 em um medicamento que não vai curar e vai precisar usar o de 10 e daí, a vaca já se atrasou e não vai gerar 100?

O que pesa mais? Gastar 10 com o veterinário todo mês, ou não chamar veterinário todo mês para não gastar e aí chamar só quando a vaca já está quase morrendo e gastar bem mais, além do risco de perder a vaca, que pagaria o veterinário por um ano?

É preciso muita clareza na direção dos gastos da propriedade. Investir no que dá retorno não deve ser visto como gasto. Não existe retorno sem investimento,  nem lucro sem custo.

Muitas vezes nos preocupamos demais com o dinheiro que vai sair do nosso bolso, mas não cuidamos o quanto ele poderá trazer de retorno. 

O resultado de uma propriedade depende muito do fôlego e da coragem do prioritário. 

É preciso ter fôlego, para não se asfixiar em dívidas,  e coragem para investir e esperar o resultado. 

Lucro existe, prejuízo também e - sabendo da existência dos dois - cabe a nós saber de qual queremos correr atrás.  

12

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

PAULO COLLA

EM 03/12/2018

Excelente artigo que de forma simples e pratica demonstra que a relação custo benefício é essencial ser medida, através de uma Gestão efetiva. Parabéns Fabrício
FABRÍCIO NASCIMENTO

CRUZ ALTA - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 04/12/2018

Muito obrigado Paulo! Escrevo de forma simples e objetiva para o entendimento de todos. Sou produtor de leite e já errei muito na atividade, aprendi bastante com os erros e hoje compartilho o que aprendi com os outros produtores para que todos possam entender.
Um baita abraço e viva o leite!
ANDRÉ GONÇALVES ANDRADE

ROLIM DE MOURA - RONDÔNIA - INDÚSTRIA DE LATICÍNIOS

EM 27/11/2018

Parabéns Fabrício!

Muito bem colocado! Precisamos mudar os paradigmas do setor, e o (gasto X investimento) é sem dúvida um deles.

Abraço!
FABRÍCIO NASCIMENTO

CRUZ ALTA - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 28/11/2018

Muito obrigado André!
Aos poucos esta realidade vai mudando, produtor que não entender isso, a seleção natural vai excluir da atividade.
Um baita abraço e viva o leite!
CARLOS OTAVIO LACERDA

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 24/11/2018

É difícil tomar a decisão de investir em uma atividade tão cheia de incertezas como é a atividade leiteira. A variação de preços de venda, dolarização dos insumos, incertezas climáticas afetando a produção de alimentos, dificuldade de mão de obra especializada e finalmente o fato da fonte do leite ser um "ser vivente" sujeito a frustrações de produção por problemas de saúde e até pelo fato de genética ser probabilística. O que vemos de grandes investimentos na produção, regra geral, vem de grandes grupos com outras fontes de receita.
UILIO OLIVEIRA SILVA

BOM JARDIM - MARANHÃO - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 25/11/2018

De acordo: em gênero, número e grau....com suas palavras. Sobretudo..."grandes investimentos....de grandes grupos com outras fontes de receita".
FABRÍCIO NASCIMENTO

CRUZ ALTA - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 26/11/2018

Carlos obrigado por seu comentário.
Não falo em grandes investimentos, mas sim em investimentos no que realmente da retorno, é preciso saber direcionar os investimentos para aquilo que dá lucro.
Citei exemplos corriqueiros do dia a dia , onde na ilusão de economizar acabamos deixando de ganhar dinheiro.
Um baita abraço e viva o leite!
EM RESPOSTA A UILIO OLIVEIRA SILVA
FABRÍCIO NASCIMENTO

CRUZ ALTA - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 26/11/2018

Uilio obrigado por o comentário.
Saguindo o raciocínio de que cada propriedade é única e que cada uma deve investir de acordo com o fôlego do proprietário, vejo que mesmo grandes grupos que investem dinheiro de fora acabam não tendo o retorno esperado, mal investido qualquer dinheiro é caro, precisamos focar no que realmente de lucro, é nas coisas consideradas simples que deixamos de ganhar dinheiro , no pensamento ilusório de economia, não queremos gastar 5 por não pensar que ele pode nos gerar 10.
Um baita abraço e viva o leite!
EM RESPOSTA A FABRÍCIO NASCIMENTO
UILIO OLIVEIRA SILVA

BOM JARDIM - MARANHÃO - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 27/11/2018

Prezado Fabrício,
Gostaria que me ajudasse onde devo recorrer para que eu seja auxiliado em montar uma unidade produtora de leite a partir do que pretendo dispor: Tenho 50 ha da nossa propriedade destinada à produção leiteira. Área essa que pretendo assim distribuir: a) Cana: 1,5 ha. b) Capineira: 1,5 capim elefante carajás da matsuda ou brs capiaçu da embrapa; c) 8 ha para cultivo de milho em grãos de sequeiro; d) 4 ha de mandioca; e) Banco de proteina com leucena ou guandu ou puerária = 2,0 ha; f) Capim vaqueiro = 2,0 ha para bezerros, vacas em serviço de parto e animais de serviço; g) Capim mombaça: 30 ha dividido em 30 piquetes para uso no sistema rotacionado; h) 1 ha capim irrigado podendo ser mombaça ou piatã ou colonião...para as vacas nos primeiros 70 dias de lactação. A propriedade é servida de energia elétrica de alta tensão, um poço artesiano com vasão de 20 m³/h, distante 35 km do centro comercial. Preço do leite: R$ 1,10/kg. Considerando este cardápio quantas vacas da raça Jersey (adaptada á região) ou Guzolando posso dispor? Quem pode me ajudar a planejar? Encontrar os custos e ponto de equilíbrio? Help me please!!!!!!!
EM RESPOSTA A UILIO OLIVEIRA SILVA
FABRÍCIO NASCIMENTO

CRUZ ALTA - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 28/11/2018

Uilio obrigado por o comentário, são regiões muito distintas, eu produzo leite no sul, o clima é bem diferente . Não me sinto capacitado a te instruir nesse caso, mas tenho amigos em todas as regiões do Brasil, alguém poderá ajuda-lo , meu Whatsapp 055996636341, me chama lá vamos ver o que podemos fazer.
Um baita abraço e viva o leite!
EM RESPOSTA A UILIO OLIVEIRA SILVA
SILVIO MIGUEL PIMENTA

PATROCÍNIO PAULISTA - SÃO PAULO - REVENDA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS

EM 04/12/2018

Boa noite.
Sr Uilio, sei de parceiros que lhe possa ajudar, entre em contato comigo. (34) 9 9963-0668 - Silvio Pimenta
Agradecido!!
EM RESPOSTA A UILIO OLIVEIRA SILVA
SILVIO MIGUEL PIMENTA

PATROCÍNIO PAULISTA - SÃO PAULO - REVENDA DE PRODUTOS AGROPECUÁRIOS

EM 04/12/2018

Sr Uilio, poderemos te ajudar no direcionamento do seu negócio, entre em.contato através destes contatos (34) 99963-0668/ (16) 99183-4995 (Whatsapp) Email pimentasilvio@yahoo.com.br
Silvio Pimenta