FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

4ª geração de produtores de leite deixa atividade nos EUA e texto comove

ESPAÇO ABERTO

EM 20/06/2017

3
1
O texto abaixo é a tradução resumida de um texto de Jenni, produtora rural americana, da região de Arkansaw, Wisconsin, para o blog https://faithfamilyfarmingblog.wordpress.com.
 
produtores de leite nos estados unidos

"É assim que acontece quando uma fazenda familiar da quarta geração ordenha suas vacas pela última vez. Trata-se de um momento bastante doloroso. Na semana passada, a última vaca em Patnode Lane foi ordenhada. Na sexta-feira (16), o alarme disparou cedo (4:30 da manhã), para embarcar as vacas leiteiras em caminhões e trailers para que elas vivam em outras fazendas. O fim de uma era, quatro gerações de produtores de leite chegaram ao fim.

Weston tinha oito anos quando soube que queria ser um produtor rural quando crescesse. Ele comprou sua primeira vaca leiteira quando tinha 13 anos. Orgulhoso dessa vaca e da família que a originou, ser um produtor de leite estava em seu sangue desde a tenra idade.

Seu bisavô ordenhava vacas, seu avô, seu pai e ele sabia que queria continuar seus passos. Obviamente, nos conhecemos quando tínhamos 15 e 17 anos, exibindo gado leiteiro na feira local do condado. Dois adolescentes que se apaixonaram.

Ele me ensinou como ordenhar vacas. Nós imaginamos essa vida. Uma pequena família de produção leiteira aqui em Patnode Lane. Nossos filhos cresceram, brincavam no monte de feno, alimentavam as bezerras e dançavam suas canções favoritas à medida que as vacas passavam. Formamos nossas memórias nesse pequeno celeiro vermelho.

Mas então, tudo mudou. Todos os anos, os preços do leite caíam cada vez mais rápido. Nós tentamos remar contra a maré. Alguns anos eram bons, outros eram difíceis. Muito difíceis. Houve anos que os preços do leite caíram abaixo do que seu pai recebia pelo leite nos anos 80, e nós nos perguntamos quanto tempo mais poderíamos aguentar.

Chegamos a uma encruzilhada na estrada. Ficaríamos maiores ou venderíamos essa visão de ser uma pequena fazenda leiteira no oeste do Wisconsin. Essa não é uma decisão fácil de ser tomada. Na verdade, tomar essa decisão foi como uma guerra entre o que nossos corações diziam e o que a nossa conta bancária dizia. Essa decisão era dolorosa, porque estaríamos desistindo do único sonho que Weston imaginara toda a vida.

Meu marido é inteligente. Ele fez o Curso Rápido de Agronegócios na UW-Madison. Ele tinha contratos de touro de empresas de IA (inseminação artificial), um rebanho classificado e registrado, vacas produzindo em média 38,5 quilos por dia em um antigo galpão tie-stall e dominava a genética. Ele fez tudo. Tentou tudo, estudou tudo e aprendeu tudo. Ele fez todas as coisas certas. Mas, no entanto, chegamos a esta conclusão - pequenas fazendas leiteiras simplesmente não funcionam mais.

produtores de leite dos Estados Unidos

A verdade é que não temos os meios para crescer mais. E não podemos competir com fazendas com 5.000 vacas. Nossos filhos têm apenas oito e quatro anos - e não estão prontos para se comprometerem a se tornar produtores rurais.

Expandir a nossa fazenda significava ter mais dívidas do que poderíamos fazer em fluxo de caixa. Isso significava tomar decisões financeiras que afetariam nossos filhos e futuras gerações, sem que eles tivessem uma voz nisso. E, sem ter uma garantia de 100% de que funcionaria.

Tenho a sensação de que muitas pequenas propriedades familiares se encontraram nessa mesma encruzilhada.

Tenho a sensação de que há muitas noites sem dormir, dor de estômago e lágrimas sem fim tentando decidir qual caminho escolher: expandir a fazenda familiar para outra geração ou vender as vacas e sair da atividade. É uma decisão difícil.

Não há um livro para isso. Provavelmente deveria haver, mas ninguém escreveu sobre o que fazer depois, quando você vende sua fazenda leiteira familiar que passou por quatro gerações. Ninguém escreveu um livro sobre como superar a última ordenha, as lágrimas pareciam nunca acabar.

Ninguém escreveu um livro sobre onde devemos ir, ou, como superar emoções. Sobre o desgosto e o fracasso, mesmo sabendo que você fez o seu melhor até o amargo final.

Ninguém escreveu um livro sobre o que fazer na manhã seguinte após suas vacas irem embora, quando você percebe que não precisa se levantar no início do amanhecer para ordenhá-las.

A produção rural não é apenas o que Weston fez, mas sim, o que ele é. Sua paciência, sua compaixão, sua disposição para resolver problemas, ou se adaptar a situações e a sua dura ética de trabalho. Tudo o que ele aprendeu na fazenda transbordou em sua vida e o transformou no homem que ele é. Por isso, sou grata.

A última vaca foi ordenada. Nunca imaginei dizer, ou digitar essas palavras. A porta de Patnode Lane Holsteins está fechada para sempre, mas o próximo capítulo está apenas começando".


Texto de Jenni, para o blog https://faithfamilyfarmingblog.wordpress.com, traduzido e adaptado pela Equipe MilkPoint.
 

3

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MAURO PEREIRA DE FIGUEIREDO

VITÓRIA DA CONQUISTA - BAHIA - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 24/05/2018

Modelos de desenvolvimento devem inserir pessoas e não descarta-las.
REGINA MAURA DE OLIVEIRA TURINI

ASSIS - SÃO PAULO - INSTITUIÇÕES GOVERNAMENTAIS

EM 21/06/2017

Já vi esse triste filme.
LAURA ABADIA DE FARIA FURTADO

PATOS DE MINAS - MINAS GERAIS - ESTUDANTE

EM 21/06/2017

Já passei por isso, é muito doloroso. Fiquei emocionada ao relembrar :(