ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Balança comercial de lácteos: importações continuam a subir!

POR MARIANA SICILIANO

PANORAMA DE MERCADO

EM 06/07/2021

2 MIN DE LEITURA

1
4

Segundo dados divulgados nessa segunda-feira (05/07) pela Secretaria de Comércio Exterior (SECEX), o saldo da balança comercial de lácteos foi de -52 milhões de litros em equivalente leite no mês de junho, um aumento de 27% no déficit quando comparado a mai/21.

Em relação ao mesmo período do ano passado, o saldo se manteve praticamente estável, sendo que o valor em equivalente leite no mês de jun/20 foi de -51 milhões de litros. Confira a evolução no saldo da balança comercial láctea no gráfico 1.

Em junho, as importações continuaram a subir; 70,7 milhões de litros (equivalente) de leite foram internalizados, representando um aumento de 22% em relação a maio/21.

A elevação foi reflexo, principalmente, da baixa disponibilidade do leite matéria-prima no Brasil, e consequentemente do aumento nos preços internos. Este aumento (dos preços nacionais) tornou o produto importado mais competitivo; a média do preço nacional do leite spot coletado pelo MilkPoint Mercado em junho foi de R$2,68/litro, enquanto o leite importado foi internalizado a um preço médio equivalente de R$2,45/litro – considerando o valor médio do leilão GDT em junho (US$ 4.030/ton — leite em pó integral) e a média do dólar no mês de junho/21 (R$ 5,03).

O leite em pó integral foi o derivado lácteo mais importante da pauta importadora em junho. Os 3,92 milhões de litros (equivalentes) importados do derivado representaram um aumento de 32% no volume internalizado do produto em relação a maio, e 44% do volume total importado no mês. Logo em seguida vieram os queijos e o leite em pó desnatado, que juntos representaram 40% do volume total importado.

Já o volume exportado em junho foi de 19 milhões de litros de leite (equivalente), acréscimo de 9% em relação a maio e, em relação ao mesmo período do ano passado, crescimento de 152%! No acumulado do ano foram exportados 87 milhões de litros em equivalente leite, contra 44 milhões em litros equivalentes do mesmo período em 2020.

O leite em pó integral teve suas exportações aumentadas em 33% em relação a mai/21, totalizando 1,5 milhão de litros equivalentes em jun/21. A manteiga foi o produto lácteo que apresentou maior aumento das exportações em jun, de 48,3 mil litros equivalentes em maio, para 91,01 mil litros equivalentes no mês vigente, incremento de 89%! Em compensação, produtos como leite em pó desnatado, leite modificado, doce de leite e queijos tiveram queda no volume exportado.

A tabela 2 mostra as principais movimentações do comércio internacional de lácteos no mês de junho deste ano.

O que podemos esperar para os próximos dias?

Bom, considerando os resultados do leilão GDT de hoje (US$ 3.864/ton — leite em pó integral) e o fechamento do  dólar no dia 05/07/21 (R$ 5,08), chegamos a um preço interno máximo de R$ 2,17/litro para que as exportações continuem competitivas.

Ao compararmos esse valor com o preço spot na primeira quinzena de julho (R$ 2,41/litro) e, também, com o preço do leite pago ao produtor no mês de junho - fechado na média de R$ 2,20/litro (CEPEA/ESALQ) -, conclui-se que a venda do leite brasileiro no exterior não é mais atrativa.

Por outro lado, se considerarmos os mesmos valores para conta, chegamos em um preço do leite importado pago no Brasil de R$ 2,37/litro – o que provavelmente poderá indicar em um novo aumento das importações brasileiras nos próximos dias.

Apesar disso, o mercado lácteo brasileiro é dinâmico e devemos estar atentos a possíveis mudanças no cenário interno e externo. Por isso, continue ligado aqui no MilkPoint.

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MAURO

BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 07/07/2021

Seria interessante adicionar uma menção com relação às principais origens exportadoras; Mercosul, UE, NZ/AUS e demais, sobretudo no item leite em pó.
MilkPoint AgriPoint