ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Saiba mais sobre manejo hídrico em fazendas de leite com Julio Cesar Palhares no Interleite Brasil 2013

NOTÍCIAS AGRIPOINT

EM 19/07/2013

4 MIN DE LEITURA

0
0
Em qualquer fórum nacional ou internacional em que esteja sendo discutida a competitividade da agropecuária brasileira, o recurso natural que aparece como grande diferencial de competitividade é a água. A América do Sul e o Brasil são ricos nesse recurso natural, assim, preservá-lo e conservá-lo em quantidade e qualidade é estratégico para manutenção da competitividade e para sustentabilidade de nossa produção. Diante da importância do assunto e da atual preocupação com a preservação ambiental, o MilkPoint convidou o pesquisador da Embrapa Sudeste Julio Cesar Palhares para palestrar sobre o Manejo Hídrico em fazendas leiteiras no Interleite Brasil, que acontecerá em Uberlândia - MG, nos dias 11 e 12 de setembro.

"Historicamente, a relação da produção animal brasileira com a água é de exploração do recurso. Isso se deve à perpetuação da ideia de que o país é rico em água, por isso ela nunca irá faltar", diz Palhares. Segundo ele, uma pergunta simples, mas ainda difícil de ser respondida é: quanto de água consome o rebanho? Outra pergunta ainda mais difícil e que começa a ser feita pela sociedade e por aqueles que têm como missão gerenciar os recursos hídricos é: quanto de água se consome para produzir um quilograma de leite? Palhares afirma que a cultura do manejo hídrico irá auxiliar na resposta a essas perguntas. Pelo fato do manejo hídrico ser definido como o uso cotidiano de conhecimentos e práticas que garantam a oferta de água em quantidade e qualidade aos rebanhos, sua prática e internalização proporcionarão segurança hídrica à atividade. Esta segurança, segundo o palestrante, é definida como: "condição na qual o uso e o consumo de água pela propriedade e pela criação propiciam a manutenção dos benefícios ambientais, econômicos e sociais ao indivíduo, à sociedade e à conservação do recurso natural em quantidade e qualidade".

Palhares diz que o manejo e a segurança hídrica podem ser viabilizados pela implantação de Boas Práticas Hídricas as quais também proporcionam aos envolvidos da cadeia produtiva o entendimento da substância água em suas três dimensões: alimento, insumo produtivo e recurso natural. "Exercitar a utilização e o manejo da água nas três dimensões é inerente a uma boa prática e proporcionará excelente disponibilidade hídrica na propriedade rural", complementa.

A cultura de boas práticas produtivas no Brasil é recente, principalmente no setor agropecuário. Sua utilização é mais perceptível em cadeias produtivas que têm intensa relação com o mercado externo e que, portanto, devem seguir princípios e normas produtivas dos mercados de destino. Contudo, o palestrante complementa dizendo que a produção leiteira brasileira pode ser pioneira na utilização de boas práticas hídricas, garantindo a oferta de um produto que considere os valores de segurança dos alimentos e respeito ao meio ambiente, bem como a saúde de humanos e animais.

Em sua palestra, Julio Palhares quer chamar a atenção de todos para o fato de que "não há produção de leite sem água e esse é um recurso natural que pode apresentar escassez, dependendo do uso que fazemos dele. Conhecer a relação da água com a atividade é fundamental para garantir uma produção ambientalmente correta, socialmente aceita e economicamente vantajosa".

Ficou interessado em saber mais sobre o assunto? Venha assistir a palestra do pesquisador da Embrapa Sudeste Julio Cesar Palhares no Interleite Brasil e descubra como fazer o manejo adequado dos recursos hídricos na sua propriedade. O evento acontecerá nos dias 11 e 12 de setembro, no Center Convention, em Uberlândia-MG. As inscrições com valor promocional vão até dia 30/07. Não perca tempo, faça já a sua!


Julio Cesar Pascale Palhares - Embrapa Pecuária Sudeste
Graduação em Zootecnia pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal - UNESP (1995), Mestrado em Agronomia (Energia na Agricultura) pela Faculdade de Ciências Agronômicas - UNESP (1998) e Doutorado em Ciências Ambientais pela Escola de Engenharia de São Carlos - USP (2001). Pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa Pecuária Sudeste. Desenvolvo atividades de pesquisa na área de manejo de resíduos animais, atuando nos seguintes temas: impacto ambiental dos resíduos animais nos recursos hídricos, gestão ambiental de propriedades e bacias hidrográficas, educação ambiental e legislação ambiental para o licenciamento de atividades pecuárias. Atualmente, ocupo o cargo de Presidente da Sociedade Brasileira dos Especialistas em Resíduos das Produções Agropecuária e Agroindustrial - SBERA.



Empresas


O evento conta com grande número de patrocinadores. A Itambé, como patrocinadora Master, o Sistema Ocemg e OCB como patrocinadores diamante especial, Dow AgroSciences, Elanco, SENAR, Sebrae e Phibro, com patrocínio diamante, e Bayer, CRV Lagoa, Sulinox, MSD Saúde Animal, Agener União , Minerthal, PWC, Arysta LifeScience, como patrocinadores platina, já confirmaram a participação.

Entre os apoiadores estão as Revistas Leite Integral, Balde Branco, Inforleite, Mundo do Leite e InteRural, a Conavet, o Sindicato Rural de Uberlândia, Capal e o Centroleite.

Para garantir sua vaga basta acessar aqui e fazer a inscrição. Ao se inscrever, você ganha pontos que podem ser trocados por produtos da AgriPoint. Conheça e participe do Programa de Fidelidade.


Anote a data e local: 11 e 12 de Setembro, em Uberlândia, MG.


Observação: Se sua empresa tiver interesse em saber mais sobre estes eventos, entre em contato pelo telefone 19 3432-2199 ou pelo e-mail eventos@agripoint.com.br.
 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint