FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Licenciamento Ambiental da Bovinocultura no Brasil - Parte 7: o manejo ambiental

JULIO CESAR PASCALE PALHARES

EM 24/08/2020

5 MIN DE LEITURA

0
4

Segundo o dicionário da língua portuguesa a palavra manejo tem na área zootécnica a seguinte definição: ato de submeter os animais a cuidados de alimentação, trato e higiene, a fim de torná-los mansos, limpos e sadios. Considerando que o manejo ambiental de um sistema de produção e da propriedade rural também contribui para manter os animais em condições de bem-estar e sanidade, deve fazer parte das atividades cotidianas de uma propriedade leiteira.

A implantação do manejo ambiental tem os seguintes objetivos:

  • Preservar e conservar os recursos naturais em quantidade e qualidade;
  • Reduzir os impactos ambientais negativos e potencializar os positivos;
  • Promover o uso racional dos recursos naturais renováveis e não renováveis e dos insumos produtivos;
  • Adequar o sistema de produção e a propriedade as normas e padrões da legislação ambiental;
  • Possibilitar o monitoramento de indicadores de desempenho ambiental e, consequentemente, ações corretivas para melhoria deste desempenho;
  • Reduzir a possibilidade de conflitos com a vizinhança e com a sociedade, facilitando a obtenção da licença social.

Cabe aqui esclarecer a diferença entre preservação e conservação ambiental. No cotidiano, estas palavras são utilizadas como sinônimas. Muitas vezes vemos produtores, técnicos e empresários dizendo que preservam o ambiente ao mesmo tempo que produzem leite. Essa afirmação não está de toda errada, mas só fazer a preservação ambiental seria incompatível com qualquer atividade econômica.

Os dicionários da língua portuguesa apresentam as duas palavras como sinônimas. Segundo o Novo Dicionário Aurélio, preservação significa: “livrar de algum mal,...,conservar...”. E conservação significa: “ato ou efeito de conservar(-se).”

Mas para ciências ambientais é diferente. De acordo com o Dicionário Brasileiro de Ciências Ambientais, o significado de preservação é: “ação de proteger, contra a modificação e qualquer forma de dano ou modificação, um ecossistema, área geográfica, etc.” O significado de conservação é: “utilização racional de um recurso natural qualquer, garantindo-se, entretanto, sua renovação ou sua auto-sustentação.” Portanto, na conservação ambiental fazemos o uso e o manejo dos recursos naturais.

Preservação é proteção, deixa-se a natureza seguir seus fluxos. Conservação é uso com respeito aos limites da natureza. As diretrizes e padrões estipulados nas legislações ambientais têm as duas funções de preservação e de conservação ambiental.

A partir dessas definições fica a pergunta:

Os profissionais agropecuários devem preservar ou conservar o meio ambiente?

A resposta correta é: devem fazer ambas.

Serão preservacionistas quando mantiverem as áreas de reserva legal e mata ciliar nas propriedades. Isto possibilita a preservação da biodiversidade e das águas em quantidade e qualidade. E serão conservacionistas quando, por exemplo, utilizarem a água de poços para a dessedentação dos animais de forma racional, ou seja, respeitando o tempo que a natureza leva para repor esta água, assim, ela estará disponível no longo prazo e o sistema de produção não será ameaçado por uma condição de escassez hídrica.

Feita as devidas explicações, pergunto:

O manejo ambiental faz parte do cotidiano da atividade leiteira?

Minha resposta a essa pergunta é NÃO.

Justifico essa resposta, considerando:

  • Não há uma definição clara do conceito de manejo ambiental da pecuária, o que o compõe e como deve ser feito;
  • Há um entendimento simplista, de todos os atores da cadeia produtiva e dos consumidores, que manejo ambiental significa cumprir a legislação ambiental e cumprir a legislação ambiental é entendido como possuir as licenças ambientais exigidas para atividade. Manejar o ambiente é muito mais amplo do que cumprir a lei e esse manejo deve ser uma ação cotidiana e não um ato administrativo;
  • A grande parte dos atores possuem reduzido conhecimento ambiental. Atualmente, essa condição é a maior barreira a um salto de qualidade ambiental das unidades leiteiras. Produtores(as) devem ser assistidos em técnicas e práticas ambientais, profissionais agropecuários devem também ter na sua formação as ciências ambientais e profissionais de empresas e agroindústrias devem ter capacitação ambiental constante a fim de identificar as questões ambientais inerentes a atividade na qual atuam;
  • Manejar o ambiente é entendido como algo de custo elevado, que demanda tempo e mão de obra e não gera recursos financeiros.

Na Figura 1 apresento uma definição do que seria o manejo ambiental da produção animal. Ressalto que todos os manejos que compõem o manejo ambiental devem estar baseados nas legislações ambientais, mas não devem se limitar somente ao cumprimento destas legislações, pois envolvem outros aspectos inerentes ao sistema de produção leiteiro como os zootécnicos, sanitários, econômicos e sociais.

A implementação do manejo ambiental por si só não determinará que o sistema de produção seja sustentável, pois engloba somente uma dimensão da sustentabilidade que é a ambiental. Ser sustentável é trabalhar ao mesmo tempo as dimensões ambiental, social e econômica. Mas certamente, praticar o manejo ambiental contribuirá de forma positiva para o alcance da sustentabilidade.

manejo ambiental propriedades leiteiras

Figura 1. Definições dos manejos necessários para o manejo ambiental do sistema leiteiro.

O manejo ambiental dará retorno econômico e quando bem praticado:

  • Reduz o custo de produção devido ao menor consumo de água, ração, energia, fertilizantes, combustíveis, etc.;
  • Melhora a eficiência no uso de insumos, principalmente dos nutrientes contidos na dieta e nos fertilizantes químicos e orgânicos;
  • Otimiza o uso da mão de obra;
  • Aumenta a vida útil de máquinas e equipamentos;
  • Melhora o nível de instrução e a capacidade técnica do produtor(a) e de seus colaboradores;
  • Disponibiliza mais área agricultável para produção e mais área de preservação para o cumprimento da legislação ambiental.

Em atividades como a pecuária leiteira, na qual manejar os impactos ambientais negativos é parte da rotina e as margens de lucro estão cada vez mais estreitas, deve ser de interesse de produtores(as), técnicos e agroindústrias reduzir os impactos ambientais, mantendo e/ou melhorando o desempenho econômico da atividade.

Realizar o manejo ambiental não é um processo simples, devido aos inúmeros fatores que isso envolve, como: a atividade em si, o meio ambiente e seus recursos, as interações da atividade com outras atividades produtivas, as leis, os aspectos econômicos e os valores sociais e culturais. Portanto, o manejo ambiental deve ser muito bem pensado e realizado, caso contrário, as ações poderão ter efeitos adversos ao ambiente, aos humanos e animais e a atividade leiteira e sua imagem.

As ciências zootécnicas e ambientais são muito dinâmicas e este dinamismo, muitas vezes, não é acompanhado pelas legislações ambientais, mas o manejo ambiental deve considerar a evolução do conhecimento e das técnicas de forma permanente. Com isso, sua execução tende a ser mais fácil e ter mais eficiência e eficácia.

Cumprir a legislação ambiental é como aquele aluno(a) que tem como objetivo alcançar a média para passar de ano. Fazer o manejo ambiental é o aluno(a) que vai além da média. Penso que devemos buscar uma pecuária leiteira além da média ambiental. Isso é possível tecnicamente e economicamente.

Nos próximos episódios da série Licenciamento Ambiental da Bovinocultura no Brasil veremos como implantar e conduzir esse manejo ambiental. Até lá, se sair de casa, use máscara. É pelo seu bem, da sua família e de toda sociedade.

Quer ficar por dentro do mundo lácteo por meio de um formato diferente? Siga o nosso canal no YouTube e acompanhe as nossas publicações! Vamos amar ver você por lá heart

JULIO CESAR PASCALE PALHARES

Pesquisador da Embrapa Pecuária Sudeste

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint