FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

E agora, José?

José sempre foi tirador de leite, com vários anos de profissão sempre achou que sabia tudo, que o que estava fazendo era o correto.

José, ao ver seus vizinhos inovando, investindo em tecnologia e em conhecimento, os chamava de loucos, dizia que logo logo eles iriam quebrar.

O passar do tempo foi mostrando o outro lado da situação para José. Seus vizinhos estão prosperando, produzindo cada vez mais e melhor.

Aplicando os conhecimentos adquiridos e buscando sempre mais, usando a tecnologia de forma proporcional à capacidade da propriedade e contando com o apoio de assistência técnica qualificada. Seus vizinhos já estão em uma situação melhor que ele.

Na expectativa de pagar contas atrasadas, José vendeu algumas vacas para o frigorífico, aproveitando a alta no preço da carne.

O mercado caminha para uma alta nos preços do leite, José está apavorado, com poucas vacas, não vai ter uma produção expressiva e, assim sendo, não irá aproveitar a tão esperada alta.

E agora, José?

Não se apavore, José! As vacas que você vendeu eram vacas problemáticas, já estavam na fila do descarte. Isso fará com que você produza um leite de melhor qualidade, mesmo que em um volume um pouco menor. A ração que aquelas vacas comeriam, distribua entre as que estão produzindo bem, elas irão responder em produção.

Use os erros do passado como aprendizado, entenda que ninguém sabe tudo, sempre tem algo novo para você aprender.

Entenda que a tecnologia bem aplicada sempre traz bom resultado, que não podemos fugir dela. Não tiramos mais leite em caverna, precisamos estar aberto às novidades.

Busque uma boa assistência técnica, isto é o que tem feito a diferença nas propriedades de sucesso. Propriedades sem assistência estarão fadadas ao extermínio.

Não se apavore, não se desespere, ainda existe uma saída. Mas não demore! Corra para fazer o que tem que ser feito e projete sua propriedade para o sucesso.

Tenha consciência de que, com um passo de cada vez, você chega lá, basta fazer o que é certo. Sabemos que não é fácil. Mas, mesmo não sendo fácil, é possível. Se é possível, vá e faça! 

Seja feliz produzindo leite, tenha lucro e satisfação e conte comigo no que eu puder ajudar.

FABRÍCIO NASCIMENTO

Produtor de leite em Jóia, Rio Grande do Sul, e palestrante.

10

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

LUIS HENRIQUE TEIXEIRA

ITATIAIUÇU - MINAS GERAIS

EM 14/02/2020

Temos sempre que estar dispostos a evolução. Ótima reflexão
FABRÍCIO NASCIMENTO

CRUZ ALTA - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 28/02/2020

Luís obrigado por o comentário!
Quem não estiver disposto a evoluir, logo logo estará fora.
LUIS HENRIQUE TEIXEIRA

ITATIAIUÇU - MINAS GERAIS

EM 12/02/2020

Excelente
FABRÍCIO NASCIMENTO

CRUZ ALTA - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 28/02/2020

Muito obrigado Luis!
NATHAN SEVERINO GODINHO

MUTUM - MINAS GERAIS

EM 12/02/2020

Aprimorar
FABRÍCIO NASCIMENTO

CRUZ ALTA - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 28/02/2020

Nathan obrigado por o comentário, realmente precisamos nos aprimorar cada vez mais .
ELIZALDO C. CABRAL

BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 11/02/2020

Eu ainda sou meio-José! Estou fazendo tudo ao meu modo, sem assistência... mas, um dia, aprendo!

Parabéns, Fabrício! Grande puxão de orelhas.

Nós, os Josés e os meios-Josés, precisamos acordar... chega de jogar dinheiro fora, alimentando animais, sem retorno!

Já estou começando hoje... vou trocar minhas vacas bonitinhas... que dei mamadeira quando pequenas.

Não fazemos isso com as galinhas, quando param de botar ou quando vão ficando mais velhas?

Valeu, Fabrício!
FABRÍCIO NASCIMENTO

CRUZ ALTA - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 11/02/2020

Elizaldo obrigado por o comentário!
Todos nós em algum momento somos "Josés", o importante é ver quando estamos errando e procurar corrigir, naquilo que não conseguimos sozinhos, devemos buscar ajuda.
Leite é para profissionais, e precisamos nos tornar especialistas no que fazemos.
Um baita abraço e viva o leite!
JOÃO LEONARDO PIRES CARVALHO FARIA

MONTES CLAROS - MINAS GERAIS - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 10/02/2020

Em Minas Gerais, deve ser a terra dos Josés, em cada cancela, em cada porteira...tem um pelo menos!
FABRÍCIO NASCIMENTO

CRUZ ALTA - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 11/02/2020

João obrigado por o comentário! Que estes "Josés" abram o olho e mudem enquanto há tempo, ainda é possível reverter a situação e se tornar um produtor de leite quem tem lucro e satisfação no que faz.