FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Free Stall em pequenas propriedades: Sítio São Sebastião mostra que é viável!

EDUCAPOINT

EM 21/08/2019

2
3
O sistema de confinamento free stall é muitas vezes associado a custos muito altos de instalação e manutenção, de forma que muitos pensam que só pode ser utilizado em grandes propriedades altamente tecnificadas. No entanto, isso não é verdade. É possível utilizar o sistema free stall de forma efetiva e lucrativa em pequenas propriedades familiares e obter excelentes resultados!

O Sítio São Sebastião é um exemplo muito inspirador, uma vez que tem um desempenho excelente em termos de qualidade do leite em uma área de apenas 11 hectares, derrubando, dessa forma, o mito de que só é possível ter uma propriedade leiteira com free stall que seja lucrativa se for de grande porte.

A propriedade, que começou com apenas 3 vacas, ao alcançar a marca de 80 animais acabou optando pelo sistema free stall, em grande parte devido à questão do barro na propriedade. Isso permitiu que houvesse uma melhora significativa na higiene dos animais, o que foi primordial para que a fazenda alcançasse seus excelentes índices de qualidade do leite e contagem de células somáticas.

A produção média da propriedade é de 36 litros/vaca/dia, em duas ordenhas diárias. Apesar de relevante, a produtividade dos animais é ofuscada pelos índices de qualidade do leite produzido, que são comprovados pelas análises oficiais da Associação Paranaense de Criadores de Bovinos da Raça Holandesa (APCBRH) e da Cooperativa Castrolanda.

Com CCS média abaixo de 50 mil cél/ml e CBT inferior a 1 mil ufc/ml, o leite produzido pelo Sítio São Sebastião é considerado um dos melhores do estado do Paraná há vários anos consecutivos, o que resulta em diversas premiações à propriedade, além de bonificações no preço da matéria-prima.

A construção do free stall foi feita em 2017 principalmente para resolver a questão do barro. O sistema será ampliado para abrigar 160 vacas.


Figura 1: Free stall do Sítio São Sebastião foi construído em 2017


Figura 2: Free stall do Sítio São Sebastião aumentou a limpeza e o conforto das vacas

O free stall ajudou não somente na questão da limpeza das vacas, mas no conforto dos animais, que contam com sombra e boas condições termicas. Como o sistema ainda está sendo ampliado, no momento não há a instalação de ventiladores e aspersores, mas o projeto prevê isso.

O free stall é estratégico para garantir o bem-estar dos animais. O galpão é higienizado duas vezes ao dia, os animais são tratados de forma humanitária e isso se traduz em produção de leite de qualidade. A cama é de serragem e a propriedade utiliza o cal para desinfecção da cama. A limpeza da cama é feita de manhã, quando os animais vão para a ordenha. Além disso, é feita nova limpeza da cama para remoção do esterco de 4 a 5 vezes por dia. Por fim, no início da noite, é feita mais uma para assegurar o conforto das vacas durante a noite.

Se você quiser conhecer mais sobre essa propriedade, saber como são feitas as divisões de lotes e como uma propriedade de apenas 11 hectares consegue ter alta eficiência produtiva, gestão financeira e organizacional acuradas, além de matéria-prima de altíssima qualidade com mão de obra totalmente familiar, acesse o conteúdo completo do curso on-line Sítio são sebastião: referência em qualidade, família stockler produz leite com ccs abaixo de 100 mil.
 
Você pode fazer a aquisição do curso individualmente ou pode escolher a assinatura e ter acesso a todo conteúdo da plataforma, que hoje já conta com mais de 155 temas! Clique aqui para saber informações sobre os planos de assinatura!
 
Mais informações:
contato@educapoint.com.br
Telefone: (19) 3432-2199
WhatsApp (19) 99817- 4082

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

SERGIO

BETIM - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 28/08/2019

Gostaria de saber a área em ha que eles utilizam para produzir silagem ou se eles compram a silagem de terceiros, tenho uma área de 18 ha e estou pensando em um galpão de compost barn. Obrigado.
EDSON JORGE BRAIDO

SÃO PAULO - SÃO PAULO

EM 26/08/2019

Gostaria de saber como empresa que fabricam leite longa vida de outro estado como conseguem tirar nota em São Paulo e ter o memo peço de quem produz em São Paulo. Quem vem de outro estado tem ST. Não consigo entender como eles acharam está brecha na lei para tirar nota em Sp se fábrica em outro estado alguém pode explicar obrigado. Mas tenho certeza que ninguém se manifesta como tem essa brecha gostaria de saber??