FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Cabanha Genário: monitoramento animal para detecção de cio e identificação precoce de doenças

COWMED - TRADUZINDO A OPINIÃO DA VACA

EM 19/01/2021

3 MIN DE LEITURA

0
0

A Cabanha Genário, localizada no município de Vila Lângaro, no Rio Grande do Sul, possui uma área total de 55 hectares, onde é produzido soja, milho e leite, que é o carro chefe da propriedade. Atualmente a propriedade possui 80 vacas em lactação em um sistema de Compost Barn.

O gosto pela atividade leiteira na propriedade, vem desde o ano de 1987, Nédio Genário proprietário da fazenda, conta:

Nós sempre tivemos vacas para o gasto, no ano de 1987 nós tínhamos em torno de 12 vacas mestiças, onde a ordenha era feita em um galpão com assoalho de madeira e tinha um conjunto de ordenha, a atividade era totalmente artesanal, produzíamos em torno de 150 litros de leite por dia.  Um ano que eu considero divisor de águas foi o ano de 1997 quando compramos novilhas uruguaias e foi feito um incremento bom na parte genética”.

A partir disso, a propriedade foi investindo cada vez mais em melhoramento genético e bem-estar animal, e foi onde que surgiu a ideia de confinar os animais. Em maio de 2015 a propriedade investiu na construção de um barracão de Composta Barn, onde foram confinados 65 animais inicialmente.

Ao confinar os animais, chegaram os novos desafios, tanto na parte de nutrição (adaptação dos animais a nova dieta), sanidade e reprodução, e na busca de constante melhorias, em 2016 Nédio contratou o sistema de monitoramento da COWMED.

Ao ser perguntado como a COWMED auxilia a o dia a dia na fazenda, Nédio opina:

Reprodução –Quando eu comecei a usar as coleiras a ideia principal era por causa da reprodução, eu não conseguia pegar cio, as taxas de serviço eram baixas, taxa de prenhes baixa, nossos índices eram muito baixos, minha ideia quando adquiri as coleiras era para isso, mas veio com muitas coisas a mais como parte de saúde e nutrição. Embora, utilizamos IATF, eu vejo que muito cio que o sistema alerta e nós não vimos, as vacas vão elevando a produtividade e fazem um cio curto, a gente não está ali presente ou é durante a noite, e aí não vamos ver essas vacas em cio de noite, mas o sistema vai alertar”.

Saúde – “Com o alerta de saúde eu consigo identificar as doenças antes do início do sinal clínico e vou conseguir antecipar o tratamento, então eu ganho muita vantagem com isso”.

Nutrição –O nutricionista tem acesso ao sistema e a gente acompanha, desde o estresse térmico, agora no verão a gente vai dando banho nas vacas”.

 

O monitoramento animal COWMED é uma ferramenta de pecuária 4.0, imprescindível para produtores que visam implementar tecnologias de bem-estar animal e otimização reprodutiva, para a melhor utilização dela é muito importante que a fazenda crie uma rotina de verificação dos alertas e também do comportamento de suas vacas, o Nédio entendeu esta necessidade e criou um plano estratégico para sua propriedade:

“Para mim já virou rotina, toda manhã a primeira coisa que eu faço é olhar os alertas e os gráficos de cio e saúde das vacas, o Flávio, Médico Veterinário da COWMED esteve aqui alguns dias atrás e eu disse para ele que se eu ficar sem o sistema da COWMED eu não vou ter mais segurança, porque parece que falta alguma coisa, é uma ferramenta que eu não consigo ficar sem e ela tem bom custo-benefício”.

As metas futuras propriedade são de aumentar o barracão, para ter 100 animais em lactação, com média de 38 litros/vaca dia. E na busca de melhoramento genético, recentemente a propriedade adquiriu duas novilhas, para retirar embriões, para alavancar ainda mais a genética do seu rebanho.

Para atingir suas metas Nédio conta e colabora com o desenvolvimento do programa COWMED, que tem atualizações quinzenais, garantindo que o produtor esteja sempre com a melhor ferramenta a sua disposição.

“Estou vendo uma evolução muito grande no sistema da COWMED e eu vejo que o melhoramento é dia a dia. E deixo como dica a quem utiliza ou quem vai começar utilizar o sistema, tem que ver os alertas e os gráficos, mas também ir lá nas vacas, ver o que elas estão dizendo, tem que aprender olhar as vacas”

E você? Está esperando o que para se conectar com suas vacas? COWNECTE-SE!

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint