ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Com crise do coronavírus, aumenta a procura de informação sobre leite e derivados no Google

POR CAIO CÉSAR

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 16/04/2020

2 MIN DE LEITURA

0
1

A Covid-19 tem tido grande impacto no Brasil e em diversos países do mundo, modificando de forma severa a rotina da sociedade como um todo: pessoas em quarentena, empresas de diversos setores diminuindo as atividades e governos adotando medidas econômicas e sanitárias para mitigar os efeitos dessa crise.

Essa mudança no hábito das pessoas causa um impacto direto no padrão de consumo no setor alimentício, incluindo os lácteos. No início do mês de março, quando a pandemia se agravou e os casos se multiplicavam no Brasil e no mundo, houve uma grande tendência a estocagem de alimentos devido ao receio da população quanto ao desabastecimento. No entanto, até o momento, o impacto nas cadeias de abastecimento de alimentos está sendo pequeno e bem gerenciado.

Focando então no setor lácteo, em um primeiro momento alguns produtos tiveram um grande aumento de procura, principalmente o UHT e os leites em pó, em função do tempo de estocagem maior.

Em uma busca realizada pela equipe do MilkPoint Mercado no Google trends — ferramenta que permite a visualização do número de pesquisas de um determinado termo em um certo período — confirmamos o maior interesse pelos termos leite, leite em pó e queijo, a partir do aumento da crise do Covid-19, como mostra o gráfico 1, que apresenta as pesquisas no Google por estas palavras.

Gráfico 1. Pesquisas no Google por Leite, Leites em pó e Queijos de março de 2019 a março de 2020.


Fonte: Google trends, elaborado pelo MilkPoint Mercado.

Assim, os números representam o interesse de pesquisa relativo ao ponto mais alto no gráfico em um dado período; por exemplo o valor 100 representa o pico de popularidade de um termo e o valor de 50 significa que o termo teve metade da popularidade.

A partir do gráfico observamos uma correlação muito grande nas pesquisas ao longo do tempo entre os três itens apresentados e um interesse enorme por eles a partir do início da crise causa pelo Coronavírus; a pergunta fica: “e como isso impacta no mercado real?”

Existe uma ligação bastante grande entre as tendências de pesquisas e a quantidade de vendas de determinado item. Ora, é algo intuitivo, se as pessoas estão se interessando mais por determinado produto na web, que hoje é o principal meio de obtenção de informações, é plausível considerar que a procura efetiva por esse item esteja aumentando, assim como pode cair se o interesse nas pesquisas também diminuir.

Porém, não se pode tomar essa análise como regra, e sim como mais uma das diversas ferramentas utilizadas para a tomada de decisão dos agentes, pois diversos fatores podem fazer com que a curva de quantidade pesquisada não siga a mesma tendência da quantidade efetivamente vendida.

Um exemplo é o queijo. Apesar de aparecer no gráfico com um aumento no número de pesquisas, com tendência semelhante à dos outros dois produtos, aqui, as vendas aumentaram nos supermercados/hipermercados/atacarejos, mas caíram nos distribuidores/food services e outros canais importantes — enquanto os lares aumentaram seu consumo devido ao isolamento social (que, provavelmente, explica o aumento das pesquisas na web), os estabelecimentos tais como lanchonetes e pizzarias diminuíram bastante suas vendas, fazendo com que a demanda agregada não tivesse alteração.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint