FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Queda nas vendas e alta do dólar com crise do coronavírus preocupam setor leiteiro

A consolidação da pandemia do coronavírus no Brasil está impondo mudanças ao setor lácteo. Além do impacto no mercado de leite e derivados, com vendas restritas a supermercados, os leilões estão passando de presenciais a virtuais.

Segundo Roberto Jank Júnior, presidente em exercício da Leite Brasil e vice-presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite), a questão do dólar preocupa o setor da pecuária. “Foram para cima os preços do milho e da soja, que representam mais de 30% do preço do leite", afirma.

Jank também destaca uma queda importante nas vendas de creme de leite, por exemplo, que eram muito usados em restaurantes. "É que o consumidor deixou de frequentar essas casas e passou a adquirir o produto em supermercados", explica.

Outro efeito do coronavírus, segundo o dirigente e pecuarista, é a mão-de-obra nas fazendas leiteiras diante do risco de contaminação. “Estamos treinando profissionais para ordenhar e alimentar as vacas e redobrando os cuidados com nossos trabalhadores", diz Jank, referindo-se à sua fazenda em Descalvado (SP), que produz 60 mil litros de leite por dia.

Leilões

Líder do mercado de leilões de gado leiteiro, a Embral, de São Paulo, acredita que não deverá  ser impactada negativamente com a crise do coronavírus. “Hoje, mais de 90% dos nossos pregões são realizados virtualmente, pela TV e pela Internet”, diz Leonardo Beraldo, dono da empresa, que realizou mais de 200 leilões no ano passado.

“Para este ano estamos prevendo um aumento de 20%, e acredito que iremos chegar lá", ressalta Beraldo. Ele afirma, no entanto, que alguns leilões presenciais da empresa estão migrando para o mundo virtual. “Mas não vamos parar jamais, pois o agro brasileiro está acelerado”, afirma.

Roberto Jank Júnior destaca, por sua vez, que a 11º edição do Leilão da Fazenda Agrindus, marcado para 4 de abril, será exclusivamente virtual. "Dadas as circunstâncias, acreditamos ser de extrema importância garantir a segurança de nossos funcionários e dos possíveis participantes do evento", esclarece.

As informações são do Globo Rural.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.