FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Proteção ao meio ambiente é oportunidade de mercado para marcas de bens de consumo massivo

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 15/10/2020

2 MIN DE LEITURA

0
0

Apenas 1/4 dos 8.500 consumidores de sete países da América Latina entrevistados pela Kantar, líder global em dados, insights e consultoria, para a elaboração da segunda edição de seu estudo Who Cares, Who Does? conseguem nomear uma marca de bens de consumo massivo que esteja contribuindo para a proteção do meio ambiente. As cinco marcas mais reconhecidas como sustentáveis são Natura, que conquistou o primeiro lugar, graças a 20% dos respondentes, e depois, por ordem, Coca-Cola, Ypê, Bimbo e Omo.

Já as indicações de varejistas foram ainda menores. Apenas 16% das pessoas o fizeram e o resultado foi o seguinte: a mexicana Bodega Aurrerá lidera o Top 5, seguida por Assaí, Walmart, Atacadão e a colombiana Éxito.

Isso cria uma grande oportunidade junto ao mercado Eco-Ativo, aquele responsável ambientalmente e que representa globalmente US$ 382 bilhões, e convida as marcas à ação. Para Kesley Gomes, Diretora Latam de LinkQ da Kantar, “o primeiro passo é se associar a esses consumidores. 40% garantem estar otimistas apesar dos desafios atuais e 30% se sentem empoderados para mudar a situação. É como criar uma joint venture com eles, para que se sintam parte de seu projeto”, explica ela. O próximo passo é fazer a substituição das embalagens plásticas, que são uma unanimidade como vilãs para o meio ambiente. No que se refere a produtos para cuidados com o lar, 49% dos entrevistados pedem recipientes 100% recicláveis, 43% reutilizáveis e 41% biodegradáveis. Já quanto aos itens de cuidados pessoais, estes percentuais são, respectivamente, 48%, 34% e 37%.

A Kantar sinaliza ainda a importância da transparência no processo de reciclagem, comunicando e educando para gerar confiança e também para aumentar a percepção de sustentabilidade da marca. 55,8% dos latino-americanos atestam não saber onde entregar itens para reciclagem e 56,6% tem dúvidas sobre o que acontece com os materiais entregues.

O conceito natural é algo a também ser levado em conta. 87% preferem produtos naturais por serem bons para a saúde, 83% por serem melhores para o meio ambiente e 82% mais saborosos ou bons para a pele. Além disso, 58% esperam que eles estejam livres de conservantes, 49% de aditivos ou corantes, 45% que tenham apenas ingredientes naturais, 28% que sejam orgânicos e 23% que não estejam geneticamente modificados.

O conceito Carbon Free também tem muito a ser explorado. Apenas 11% dos respondentes da América Latina o identificam como importante na redução do impacto ambiental. Na Alemanha, como comparação, esse número chega a 42%.

Por fim, vincular-se a ONGs ou entidades locais conceituadas e inovar no lançamento de produtos sustentáveis sempre é positivo.

A segunda edição do estudo Who Cares, Who Does? contou com a participação de 80 mil consumidores de 19 países, localizados na Europa, América Latina, Estados Unidos e Ásia. Mais informações em www.kantar.com/whocareswhodoes

As informações são da Kantar.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint