FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Evento Faeg/GO: produtores de leite pedem mudanças na relação com a indústria

Mais de 700 produtores de leite se reuniram ontem (22/07), em Goiânia (GO), para discutir os problemas do setor, como a falta de previsibilidade dos preços. “Nunca exigimos um valor fixo, mas precisamos de uma sinalização antecipada de ajustes e de uma margem de erro, para que possamos buscar alternativas”, defende o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner. Segundo ele, outro pedido dos pecuaristas é que o prazo de pagamento seja antecipado do dia 25 para o dia 5.

Veja na íntegra a carta de manifesto dos produtores: 

 

Durante o encontro, o governador Ronaldo Caiado anunciou que vai acabar com os incentivos fiscais das empresas que importam leite. “Com um mercado cada vez mais produtor, porque trazer de outro lugar?”, questiona.

Os produtores querem levar as reivindicações ao governo federal, para criar um movimento nacional em busca de soluções para o endividamento do setor e para o risco de aumento de importações após o acordo entre Mercosul e União Europeia. “O Ministério da Agricultura precisa apertar a fiscalização em cima dos produtos importados, para que sejam rastreados e saibamos de onde estão vindo”, diz Schreiner.

Confira o vídeo sobre o evento gravado pela TV UOL: 

Saiba mais sobre o evento aqui > [Vídeo] Evento que discute preços do leite promovido pela Faeg hoje (22) movimenta o setor

As informações são do Canal Rural e do portal UOL. 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.