ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Preços dos alimentos sobem menos que inflação em julho, mas UHT tem alta de 3,8%

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 10/08/2020

MENOS DE 1 MIN DE LEITURA

0
2

Os preços dos alimentos consumidos em domicílio subiram 0,14% em julho, um ritmo menor que a inflação geral, que teve alta de 0,36% no mês passado. Os dados do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do governo, foram divulgados na sexta (7) pelo IBGE.

Segundo Comunicado Técnico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), as quedas dos preços de alguns itens consumidos em casa pelas famílias brasileiras, como tubérculos, raízes e legumes, por exemplo, caíram 15,6% em julho, em razão do aumento sazonal de oferta.

As maiores quedas de preços em julho foram: batata inglesa (-24,8), cenoura (-20,7), tomate (-16,8), cebola (-6,8), laranja-lima (-12,9) e feijão carioca ( -6,0).

Já a alta de outros produtos são reflexo da menor oferta, aliada à retomada da demanda com o início da flexibilização das medidas de isolamento social. No caso da carne bovina, a quantidade reduzida de animais para abate provocou valorizações sucessivas da arroba do boi gordo, explica a CNA.

O limão teve a maior alta no mês passado, de 22,6%, seguido por alface (7,8), leite longa vida (3,8%), carnes (3,7%) e arroz (2,2%).

As informações são da Assessoria de Imprensa da CNA.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint