FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Finanças e produção andando juntas

RICARDO FERREIRA GODINHO

EM 23/06/2020

4 MIN DE LEITURA

0
5

No início da pandemia pela qual estamos passando, diversas incertezas surgiram quanto ao que aconteceria com o setor leiteiro. Para o produtor, houve uma baixa de preço do leite, alta em alguns insumos, outros sumiram do mercado, e foi a oportunidade para que inúmeros “conselhos” fossem dados no sentido do que deveriam ou não fazer, entre eles “cortar os gastos”.

Em seguida o foco muda, pois o preço do leite ao produtor reage e novamente os conselheiros e especialistas de plantão aconselham outras coisas, e, claro, não poderia deixar de ter o “invista para aumentar a produção!”. No meio dessa confusão toda, está o produtor. É nessa hora que ganha mais importância um sistema de informações, que subsidie tomadas de decisões quanto ao sistema de produção, na busca do equilíbrio entre o ótimo técnico e o ótimo econômico. Produtor e técnico precisam sentar e fazer contas, analisando bem a situação e sem perder o foco de onde se quer chegar. Nem sempre a solução mais fácil, a primeira a ser pensada, é a melhor.

Diariamente é preciso decidir o que fazer e o que não fazer, tomar as decisões adequadas quanto à tecnologia a ser adotada, mudanças no sistema produtivo, correr riscos, ou seja, isso é administrar. Mas tem uma variável importante neste processo: as pessoas. Então, entra o conceito de gestão empresarial que é "a busca de um significado conceitual dos modelos e das técnicas, através das pessoas, via um conjunto de comportamentos e aplicações práticas, voltados e sustentados pela ação”. E aí começa a complicação. Se formos pensar na “gestão financeira”, então, não posso simplesmente olhar apenas o custo, e, muito menos, apenas o fluxo de caixa, os quais são procedimentos, conceitos e objetivos totalmente distintos.

Fluxo de caixa trata-se das entradas e saídas de valores monetários, ou seja, é quanto eu tenho para pagar ou receber. Já custos de produção é um pouco mais complexo. Economicamente, a teoria dos custos é derivada da teoria da produção, e, conceitualmente, avalia a eficiência do sistema produtivo. Daí vem, em algumas vezes, as diferentes visões entre o "custo contábil" e o "custo econômico". Contudo, um sistema de custos mostra ao gestor a eficiência da combinação de recursos pelo seu sistema produtivo. Assim, o Custo de Produção é dado pela soma dos produtos entre os preços de cada um dos fatores de produção e a quantidade utilizada. Fornece informações como o lucro ou prejuízo, dentro de um determinado período de tempo, considerando que Lucro Total = Receita Total - Custo Total.

Na prática, o cálculo do custo pode auxiliar – e muito! – em algumas decisões. Por exemplo: existe um volumoso que pretende-se utilizar na dieta e dois possíveis fornecedores com o mesmo preço de R$400,00 a tonelada. Então vamos olhar apenas o detalhe da matéria seca (MS):

custos de produção alimentação vacas de leite

Se pensarmos que o teor de proteína também pode ser variável, é outra conta a ser feita. Outra situação: fazendo-se as contas, optou-se por um concentrado que poderia reduzir o custo da alimentação por meio da redução do custo da proteína. O vendedor garante 40% de PB, logo, teoricamente, o custo da proteína sairia menos caro. O produto chega na fazenda, é enviado para análise bromatológica e constata-se que tem apenas 32%PB. O planejamento de redução do custo da proteína não teve efeito, pelo contrário. E as consequências na dieta, então? É possível corrigir, mas impacta no custo com a alimentação.

Em conversas com amigos que atuam com assistência técnica, tive vários relatos de produtores que diminuíram a quantidade de concentrado oferecido aos animais. Esse é um outro cuidado a ser tomado, pois dependendo da categoria animal ou fase, o impacto pode vir no médio e longo prazo. Algumas decisões podem ser a solução para o presente, mas podem comprometer a produção futura, sendo necessário estar ciente dessas consequências.

São muitas opções e cuidados que deve-se ter no dia a dia da produção leiteira. Mas destaca-se a importância da qualidade da decisão, olhando uma série de aspectos produtivos e financeiros. A seguir, alguns pontos que podem ser considerados para essa qualidade da decisão:

  • Confiabilidade e aplicabilidade dos dados: os dados precisam ser confiáveis, e seu sistema de coleta deve ser compatível com a estrutura da fazenda e pessoas que irão coletar ou fazer uso do mesmo;
  • Softwares são alimentados por dados. Se não tiver um bom sistema de coleta de dados, não adianta ter o melhor programa de informática do mundo;
  • Ter os dados e não utilizá-los, também não adianta. Deve-se utilizar dados e informações para tomada de decisão, caso contrário, é perda de tempo ficar fazendo coleta de dados e cálculos;
  • Se preocupe com o que você faz: minha série histórica é mais importante do que os dados referência, pois informa minha evolução ou não; dados referência, como o próprio nome diz, são apenas um valor para utilizar na análise, mas o que faço, e consigo evoluir, não pode ser menos importante;
  • Reduzir custo nem sempre: avaliar relação benefício/custo, pois nem sempre reduzir custo significa aumento de lucro, assim como o inverso também é verdadeiro;
  • Assistência Técnica é primordial neste processo, mas técnico e produtor precisam compartilhar dos mesmos objetivos para a fazenda.

Uma gestão baseada apenas em custos pode até gerar resultados num primeiro momento, mas dificilmente ele se sustenta por muito tempo, pois os aspectos produtivos também precisam que ser considerados. Por outro lado, uma gestão baseada apenas em aspectos produtivos pode até gerar resultados num primeiro momento, mas dificilmente ela se sustenta por muito tempo, pois os aspectos financeiros também precisam que ser considerados. Ou seja, aparentemente um raciocínio óbvio, simplista, mas desconsiderado por muitos técnicos e produtores, que insistem em polarizar apenas um foco e esquecem da importância do equilíbrio entre finanças e produção para pagar suas contas.

Gostou do conteúdo? Deixe seu like e seu comentário! Quer escrever para nós? Envie um e-mail para contato@milkpoint.com.br.

Participe também do nosso grupo no Telegram, para receber as notícias mais importantes do setor diariamente. Acesse aqui > https://t.me/milkpointexperts

RICARDO FERREIRA GODINHO

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.