FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Cinco tendências que estão moldando a indústria global de laticínios em 2020

POR JULIANA SANTIN

NOVIDADES E LANÇAMENTOS EM LÁCTEOS

EM 16/03/2020

5 MIN DE LEITURA

0
0

Lanches sofisticados

A mudança no estilo de vida dos consumidores, incluindo a decisão de optar por refeições menores, está impulsionando a demanda por novas opções inovadoras e saudáveis de lanches para viagem. De acordo com o departamento de pesquisa da Statista, 35% dos adultos no Reino Unido dizem que pulam pelo menos uma refeição por dia em favor de lanches, devido à conveniência e ao tempo. Essa mudança no comportamento do consumidor obrigou marcas estabelecidas como Kraft Heinz e Danone a expandir seus portfólios com versões práticas, indulgentes e livres de culpa de seus produtos.

Conveniência, tempo e qualidade são os principais fatores que as marcas estão focando em toda a indústria de lanches, desde a reformatação de produtos lácteos tradicionais em caixas de papelão ou até barras de queijo com menos açúcar. Em um relatório de mercado realizado pela Mordor Intelligence, o mercado global de lanches lácteos deve registrar um CAGR de 5,14% durante o período de previsão 2020-2024.

Produtos alternativos

Os consumidores centrados na saúde estão gravitando rapidamente em busca de alternativas aos laticínios, com um relatório de insights de mercado da Innova revelando que 32% dos consumidores compram alternativas de laticínios simplesmente "porque são mais saudáveis" e 27% dos entrevistados disseram que trazem variedade para sua dieta. 

O relatório também destaca que os jovens consumidores são o grupo demográfico com mais chance de substituir os lácteos por produtos alternativos, devido à maior conscientização sobre o bem-estar animal e sua pegada ambiental. Como resultado, a indústria de laticínios foi profundamente impactada pelo crescimento de alternativas à base de plantas e o crescimento deverá aumentar em 2020 com uma melhor inovação em textura, nutrição e ingredientes.

O corredor de leite alternativo já está lotado por uma gama diversificada de leite de nozes, leite de aveia, leite de coco, leite de arroz integral, leite de gergelim, leite de banana e a mais recente adição de leite de ervilha, mas Kantha Shelke, especialista membro do Institute of A Food Technologies acredita que ainda mais “sementes e nozes entrarão em campo”. É evidente que as alternativas de laticínios devem expandir-se em todas as categorias da indústria global de laticínios, com sobremesas alternativas, chantilly, queijo e smoothies chegando às prateleiras.

Uma das alternativas mais populares para laticínios que visam o crescimento são produtos à base de aveia, como café frio, barrinhas e salgadinhos de chocolate, à medida que os consumidores estão se tornando mais instruídos com os benefícios à saúde da aveia, bem como com a sustentabilidade do ingrediente e as credenciais de etiqueta limpa.

Aceleração da inovação

Com o rápido aumento de produtos lácteos alternativos enchendo as prateleiras, os principais concorrentes são desafiados a oferecer inovações de alta qualidade que proporcionam satisfação total ao consumidor. Os jovens da geração do milênio estão exigindo cada vez mais novos sabores aventureiros, como salgadinhos picantes e saborosos de iogurte, manteiga com sabor e sorvete com infusão de álcool. 

Além de novos sabores, os consumidores estão buscando ofertas de texturas aprimoradas que criam uma experiência agradável e oferecem uma maior sensação de indulgência. Um estudo realizado pela Innova Market Insights constata que em média 45% dos consumidores dos EUA e do Reino Unido são influenciados pela textura na compra de alimentos e bebidas, enquanto 68% compartilham da opinião de que as texturas contribuem para uma experiência alimentar mais interessante.

Mais especificamente, o mercado global de sorvetes capitaliza a demanda do consumidor por sabores inovadores, textura e alternativas premium de saúde com baixas calorias. As marcas de sorvete estão explorando a tendência da saúde e bem-estar, além de serem mais conscientes do meio ambiente, uma necessidade para manter uma posição forte no mercado. Quando entramos em uma nova década, os consumidores devem esperar uma grande variedade de inovações, desde combinações de sabores incomuns e ingredientes funcionais a opções de baixa caloria, à base de plantas e sem lactose.

Intestino: os benefícios dos laticínios fermentados

A conscientização do consumidor sobre a saúde intestinal continua aumentando em 2020, com as pessoas cada vez mais informadas sobre a importância de um intestino saudável e funcional e como ele pode determinar o bem-estar geral dos consumidores. Para alcançar a saúde intestinal ideal, os pesquisadores sugerem comer mais laticínios ricos em probióticos, fibras e prebióticos, que podem ser encontrados em produtos lácteos fermentados, como kefir, leite, queijo e iogurte. Um estudo de 2017 da The Nutrition Society descobriu que os benefícios para a saúde de bebidas de leite fermentadas, como o kefir, incluem digestão melhorada, efeitos anti-inflamatórios e estimulação de antioxidantes que podem ajudar na prevenção de doenças.

O Kefir surgiu como uma opção popular no espaço de laticínios. Uma bebida de leite levemente fermentada com uma textura semelhante, porém mais fina ao iogurte, o kefir tem um forte perfil de saúde, repleto de altos níveis de vitamina B12 e B1, tiamina, cálcio, folatos e vitamina K2, ganhando, portanto, uma reputação de melhorar a saúde e a digestão intestinais. Este produto aproveita a preferência do consumidor por sabores menos doces, azedos e amargos, à medida que crescem as preocupações com a ingestão de açúcar. Espera-se que mais marcas assumam e desenvolvam produtos contendo grãos de kefir.

À medida que avançamos para 2020, podemos esperar testemunhar um momento significativo nos laticínios fermentados devido à influência positiva na saúde intestinal e no bem-estar digestivo. De acordo com a Mordor Intelligence, prevê-se uma taxa de crescimento anual composta de 9% entre 2019 e 2029, o mercado de ingredientes prebióticos está ganhando reconhecimento global pelas empresas, forçando-as a reavaliar o perfil nutricional de seus produtos atuais e investigar novas inovações que oferecem consumidores uma potência de probióticos benéficos. Pode-se argumentar que a saúde intestinal é agora a tendência que mais cresce nos laticínios.

Transformação tecnológica

O uso da tecnologia na pecuária leiteira deve evoluir bastante na próxima década, à medida que a indústria mundial de laticínios busca melhorar a eficiência, reduzir custos e cumprir suas responsabilidades sociais corporativas. As tecnologias atuais que já surgiram no aumento da produção de leite e do manejo de rebanhos incluem o uso de drones para monitorar terras e vacas, tecnologia de colar para avaliar a saúde e os níveis de produção das vacas, reconhecimento facial e equipamentos de ordenha robótica para ordenha, que não “apenas ordenha o leite”, mas também lava, massageia e alimenta vacas”, disse o fundador da Blue River Dairy, Chen Yuanrong.

Finalmente, uma tendência que está atualmente em seus estágios iniciais, mas está testemunhando um interesse crescente a cada dia, é o leite criado em laboratório. Com essa tecnologia, proteínas serão produzidas em laboratório, para uso em produtos lácteos líquidos e processados, como iogurte e queijo. A adição de laticínios criados em laboratório pode ser altamente valorizada entre os consumidores que são cautelosos em relação ao bem-estar animal e à pegada ambiental. No entanto, os laticínios produzidos em laboratório ainda enfrentam vários desafios de formulação, incluindo a capacidade de imitar o sabor e a textura dos laticínios convencionais.

As informações são do FoodBev.com.

JULIANA SANTIN

Médica veterinária formada pela FMVZ/USP. Contribuo com a geração de conteúdo nos portais da AgriPoint nas áreas de mercado internacional, além de ser responsável pelo Blog Novidades e Lançamentos em Lácteos do MilkPoint Indústria.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.