FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Parto gemelar, 3 fêmeas e 1 macho: como fica o freemartinismo?

POR RICARDA MARIA DOS SANTOS

JOSÉ LUIZ M.VASCONCELOS E RICARDA MARIA DOS SANTOS

EM 07/02/2020

5
18

Recentemente recebemos a seguinte foto em nosso Instagram: uma novilha que teve quadrigêmeos, 3 fêmeas e 1 macho, na propriedade de José Paula Filho, em Frutal/MG. A foto teve uma repercussão enorme (12 mil curtidas surprise) e gerou principalmente o seguinte questionamento: todas as fêmeas serão inférteis devido a presença do macho?

Para não deixar nossos seguidores e leitores na dúvida, pedimos nossa colunista, especialista em reprodução e professora da UFU, Ricarda Maria dos Santos, para responder essa pergunta.


Foto enviada pelo Adriano Reis Queiroz Costa (@arqueirozcosta)

Relembrando o conceito de Freemartin...

"Freemartinismo é uma condição resultante da fusão das membranas extraembrionárias (placenta em formação) de cada concepto, que se alongam muito e se sobrepõem dentro dos cornos uterinos. Essas membranas fundidas formam um único córion (camada mais externa da placenta em formação) e dividem um mesmo cotilédone (parte materna da placenta). Portanto o suplemento sanguíneo será comum entre os fetos em formação. No caso de gestação gemelar com fetos de sexos diferentes ambos serão expostos aos mesmos hormônios. Essa suplementação comum é estabelecida por volta do dia 39 da gestação. Nos bovinos, o desenvolvimento dos testículos ocorre antes dos ovários. Os testículos produzem o hormônio anti-mulleriano, que tem a função de impedir o desenvolvimento do trato reprodutivo tubular (tubas, útero e vagina) no macho. Quando a fêmea em desenvolvimento é exposta a esse hormônio o desenvolvimento do trato reprodutivo fica comprometido na fêmea também, bem como o desenvolvimento dos ovários e das células. A exposição da fêmea a baixas concentrações de estrógenos e altas de testosterona também alteram o desenvolvimento do sistema nervoso central, o que resulta no comportamento masculinizado da fêmea freemartin."

Logo...

"Respondendo a dúvida: Sim, baseados na etiologia do freemartinismo, todas tem chances de serem freemartin."  Segundo a Ricarda, partos gemelares podem ainda trazer complicações para a mãe, como retenção de placenta e metrite, por exemplo. 

Que pena não é, gente? Mas, ainda assim, vale a pena investir nessa novilha, não é mesmo? Vai que da próxima vez venham só fêmeas... laugh

Você também tem algum caso interessante que aconteceu na sua fazenda? Envie fotos para nós no @milkpoint (no Instagram) ou pelo contato@milkpoint.com.br. Estamos ansiosos pelo seu contato!

RICARDA MARIA DOS SANTOS

Professora da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Uberlândia.
Médica veterinária formada pela FMVZ-UNESP de Botucatu em 1995, com doutorado em Medicina Veterinária pela FCAV-UNESP de Jaboticabal em 2005.

5

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

WALDEMAR FILMIANO NETO

UBERABA - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 10/02/2020

PARECE HAVER UMA CONCEPÇÃO DE QUE PARTO GEMELAR EM BOVINOS DIZEM RESPEITO À GENÉTICA DA MÃE, ENTRETANTO, EM MINHA PROPRIEDADE TIVE TRÊS PARTOS GEMELARES COM UM MESMO TOURO. QUANDO TROQUEI DE TOURO NÃO VIERAM OS PARTOS GEMELARES. NÃO SERIA O TOURO RESPONSÁVEL PELOS PARTOS GEMELARES?
ADRIANO REIS QUEIROZ COSTA

FRUTAL - MINAS GERAIS - INDÚSTRIA DE INSUMOS PARA A PRODUÇÃO

EM 10/02/2020

Uma correção, a foto foi enviada por mim Adriano Reis Queiroz Costa, sou de Frutal MG . O nome encontra errado na foto. O fato aconteceu em Itapagipe na propriedade de meu tio José Paula Filho. Aproveito e mando um abraço a Dra Ricarda, a qual tivemos o prazer de contar com seus trabalhos anos atrás.
MAYSA SERPA

PIRACICABA - SÃO PAULO

EM 10/02/2020

Olá, Adriano, obrigada pelo envio da foto e pela contribuição.
Já fizemos a alteração, desculpe-nos pelo equívoco.
Abraços.
ARTURO GUARINO

BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS

EM 10/02/2020

Muito bem explicado, serio e solido.
Porem o que me chama a atenção e'uma novilha , por tanto primeira cria, tendo 4 conceitos.(se for vaca adulta tambem chamaria, mas ainda mais nesta situação)
Gostaria de saber se foi hiper ovulada para isso, ou usaram um tratamento de inseminação aonde os hormônios estimulantes da ovulação foram mais dos que deveriam.
As chances de free martinismo sao sempre altas no caso de gêmeos, 50% das vezes vai acontecer. Tordendo para que as femínhas sejam férteis.
5
RODRIGO GRANDINI SARAIVA

ITAPETININGA - SÃO PAULO - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 10/02/2020

Bom dia,
Na verdade, quando temos gêmeos de sexos diferentes, as chances da fêmea ser infértil é de 90%.
As chances de termos gêmeos de sexos diferentes são sim de 50% (f/f, f/m, m/f e m/m) condição que afeta 1 em cada 200 partos, segundo estatísticas.

Forte abraço