FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Dimensionamento de água na lavagem automatizada de instalações

POR COWTECH - CONSULTORIA E PLANEJAMENTO

COWTECH

EM 18/01/2002

0
0
Quantificar todos os custos existentes na fazenda e criar soluções para diminuição dos mesmos, hoje, mais do que nunca, é uma obrigação de todos os produtores e técnicos envolvidos na atividade. Muitos buscam a redução do custo do litro de leite produzido através de mudanças mais radicais no manejo, como alterações na alimentação e no manejo sanitário dos animais. A nutrição e sanidade do rebanho certamente “pesam” bastante no bolso do produtor, porém muitas vezes o melhor caminho para redução dos custos, em tempos de crise do setor, pode ser obtido através da somatória de pequenas economias ou a realização correta de investimentos (projetos de sistemas). Este artigo tem por objetivo chamar a atenção, informar e orientar produtores e técnicos quanto à importância de detalhes envolvendo projetos automatizados de remoção de esterco, visando a racionalização e uso correto da água.

Em sistemas confinados, a lavagem de galpões, quando não projetada, muitas vezes passa a ser um grande problema de manejo no dia a dia do produtor. Dentre as diversas maneiras de remoção do esterco, o uso da água quase sempre está presente, fazendo com que sua economia seja fundamental, tanto em termos de redução dos gastos com energia elétrica (bombas hidráulicas) como também em relação à questão ambiental. Dentre os diversos sistemas de lavagem de instalações, com água, a manipulação da mesma através do uso de mangueiras, quase sempre sem nenhum controle da quantidade utilizada e envolvendo muitas vezes mais que um funcionário é bastante comum, apresentando um custo nem sempre controlado e quantificado pelos produtores.

Em fazendas cujos animais são confinados, dentre as diversas opções de lavagem, podemos encontrar sistemas automatizados tipo “flushing”, cujo grande volume de água eliminado em curto período de tempo deve criar vazão suficiente para remover todo o esterco de um barracão ao longo do seu comprimento. Porém, em muitas fazendas providas deste sistema é comum ouvirmos reclamações do sistema devido à ineficiência da lavagem, em função do incorreto volume de água utilizado ou indevida declividade de corredores. No caso particular do “flushing”, a economia está ligada à eficiência da lavagem com o menor uso possível de água. Muitas vezes a falta de informação e orientação adequada faz com que o sistema, originalmente projetado para redução de custos (ausência de mão de obra e maquinário na remoção dos dejetos) torna-se deficitário, causando prejuízos. Antes de construir, há a necessidade de se projetar através do uso de dados confiáveis e corretos. De acordo com o especialista em instalações da Universidade Estadual de Kansas (EUA), o engenheiro agrônomo Joe Harner, para sistemas do tipo “flushing” em free-stalls, a projeção do volume de água (em mil litros) a ser utilizado para limpeza de corredores com padrão de 3,6 metros de largura, deve seguir os valores da tabela abaixo:



Comentário MilkPoint: através da tabela acima proveniente de pesquisas, podemos perceber como um simples erro de declividade num projeto pode acarretar em danos financeiros ao produtor. Dados como os apresentados na tabela são resultados de diversas pesquisas na área, sendo de grande utilidade prática para todos os envolvidos na área. Fica a mensagem, novamente, de que um simples detalhe num projeto pode ser um fator bastante importante e decisivo no sucesso de etapas do manejo diário da atividade leiteira.

Fonte: Dairy Herd Management, junho 2001.

COWTECH - CONSULTORIA E PLANEJAMENTO

Espaço para artigos e debates técnicos expostos por especialistas e equipe de consultores.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.