ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

O que os técnicos dizem sobre sistemas de produção de leite com pastejo irrigado rotacionado

PRODUÇÃO DE LEITE

EM 31/05/2012

2 MIN DE LEITURA

0
0
O que os técnicos dizem sobre sistemas de produção de leite com pastejo rotacionado irrigado

Muita discussão tem havido sobre sistemas de manejo para produção de leite , polarizadas entre sistema de free-stall  e sistemas de leite a pasto.

Na realidade produção de leite a pasto tem uma variação enorme, desde sistemas extensivos com animais de baixo potencial genético sem suplementação no cocho até sistemas intensivos, com pastejo rotacionado irrigado com animais de alto potencial genético e com suplementação no cocho.

A Leite São Paulo e o CATI, com apoio da FMVZ UNESP/Botucatu  e Escritório Regional do SEBRAE-SP, e patrocínio da Alta Genetics, CRV Lagoa, NaanDanJain, Somar Irrigação, Irriga Rural, Maré Shopping Agropecuário, Franklin Electric-Schneider, estarão realizando dia 14 de junho próximo o “Dia de Campo de Irrigação de Pastagens”, com a programação abaixo.

O evento, que é uma excelente oportunidade para técnicos e produtores de leite que já utilizam ou pretendem utilizar irrigação em pastagem ouvirem o que os especialistas dizem  sobre produção de leite a pasto com pastejo irrigado rotacionado  e discutir com esses especialistas e com os técnicos e produtores presentes os aspectos relevantes dessa tecnologia.

Os interessados em mais informações ou em fazer inscrição devem contatar Júlio Romeiro no CATI/Botucatu através do telefone (14) 3882-4422 ou pelo e-mail ca.botucatu@cati.sp.gov.br

Marcello de Moura Campos Filho


PROGRAMAÇÃO – DIA DE CAMPO DE IRRIGAÇÃO DE PASTAGENS

Abertura (08:30 às 09:00hs) – Marcello Moura Campos Filho (Presidente da
Associação Leite São Paulo)

          - Abertura do evento
          - Necessidade de assistência técnica na atividade leiteira

Apresentação Módulo  1: Aspectos técnicos da irrigação (09:00 às 10:15hs) –  Eng. Agr. Dr. Júlio César T. Romeiro (CATI-Regional Botucatu)  
    
     1 – Tamanho da área irrigada x disponibilidade hídrica
          - Regime pluviométrico, disponibilidade hídrica e crescimento da pastagem
          - Estimativa da demanda hídrica da pastagem em sistema rotacionado
          - Origem e disponibilidade de água para irrigação
          - Aspectos legais da utilização da água para irrigação

     2 – Dimensionamento e manejo do sistema de irrigação
          - Pontos a serem observados
          - Manejo da irrigação: como, quando e quanto irrigar

     3 – Tipos de irrigação de pastagens por aspersão
          - Irrigação por aspersão em sistema de malhas
          - Irrigação por aspersão em sistema convencional
          - Comparativo: Malha x Convencional
          - Outros sistemas

Apresentação Módulo 2: Filosofia da irrigação de pastagens (10:15 às 11:30hs) – Prof. Dr. Fernando Campos Mendonça (ESALQ – USP)

     4 – Pastejo rotacionado x Irrigação
          - Filosofia de utilização: só pasto x pasto+complementação
          - Escolha da espécie forrageira
          - Sobressemeadura para uso da pastagem no inverno

     5 – Custo de energia para irrigação de pastagem
          - Período x tempo de irrigação
          - Irrigação noturna: tarifa alternativa

     6 – Automatização de sistemas
          - Manual x Automático: análise comparativa

     7 – Nutrição da pastagem em sistema rotacionado irrigado

     8 – Custos para irrigar a pastagem
          - Custos diretos
          - Custos indiretos

Almoço (11:30 às 13:00hs) - despesa do participante ( restaurante por kilo ).

Visita a Fazenda Moura (13:30 às 15:00hs)

Apresentação Módulo 3: Planejamento de um sistema de pastejo rotacionado irrigado (15:30 às17:00hs)

     - Principais pontos a serem observados na elaboração do projeto de irrigação – Eng. Agr. Dr. Júlio César T. Romeiro (CATI-Regional Botucatu) 
  
- Importância da genética do rebanho para viabilizar o sistema – Méd. Vet. Dr. Marcos Bergamaschi (Embrapa-Pecuária Sudeste)

     - Metas e características das propriedades – Marcello Moura Campos Filho (Presidente da Associação Leite São Paulo)

     - Análise do custo benefício: escolha do sistema a ser utilizado – Prof. Dr. Fernando Campos Mendonça (ESALQ – USP)

     - Necessidade de assistência técnica capacitada para um bom projeto – Fernando Mendonça e Júlio Romeiro
Encerramento (17:00hs)

Encerramento - 17:30 hs

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint