ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Doenças transmissíveis pelo sêmen

POR RENATA DE OLIVEIRA SOUZA DIAS

PRODUÇÃO DE LEITE

EM 06/10/2000

2 MIN DE LEITURA

1
0

Renata de Oliveira Souza Dias

O principal objetivo da inseminação artificial em bovinos é o rápido melhoramento genético. Entretanto, a transmissão de doenças infecciosas pelo sêmen constitui um risco para a sanidade dos rebanhos. Por isso é necessário um extremo cuidado nas centrais de inseminação com a origem dos animais, a criação dos bezerros e com a qualidade do sêmen propriamente dito.

Este ano foi publicado na Inglaterra um estudo, conforme descrito na
tabela abaixo, sobre as doenças transmitidas pelo sêmen e o seu risco de transmissão.

Mas, afinal, quais são as doenças possíveis de serem transmitidas pelo sêmen?

Tabela 1- Doenças transmitidas pelo sêmen

 

Tabela



Baseado nos dados acima pode-se destacar os principais doenças transmitidas pelo sêmen:

 

IBR / IPV
BVD
Aftosa
Campilobacteriose
Tricomonose



A aftosa é uma doença já erradica em muitos países e, por isto, o risco de sêmen dos EUA ou da Europa estarem contaminados por essa doença é muito baixo. Em países onde a doença ainda está presente, deve-se examinar o sêmen um mês após a coleta. Não é aconselhável o uso de sêmen fresco.

A IBR / IPV é uma doença endêmica nos EUA e Europa. Os touros em coleta devem ser testados um mês após a coleta; o teste visa detectar a presença de anticorpos para o BHV1 (Bovino Herpes vírus tipo 1).

A BVD é uma doença endêmica em todo o mundo. É facilmente transmitida pelo sêmen e por isso merece muita atenção. Os touros em centrais de inseminação devem ser testados mensalmente; o sêmen coletado deve ser também avaliado.

A Campilobacteriose (Vibriose) foi a razão original da adição de antibióticos no sêmen. Quando esse procedimento é realizado corretamente, pode-se considerar o sêmen livre dessa bactéria. As centrais de inseminação devem ser livres dessa doença venérea e os touros devem ser testados em intervalos menores que um ano.

A Tricomonose é uma séria doença venérea, uma vez que o tratamento do animal acometido não é recomendado. Quando o touro é diagnosticado com esse problema ele deve ser abatido e todo o seu sêmen destruído.

Por fim, fica aqui uma recomendação para se atentar sempre que possível para o país de origem, qualidade, seriedade e compromisso das empresas em relação à sanidade do sêmen comercializado. Como indício, destacamos a importância de se atentar para a análise dos pontos críticos (HACCP) a serem controlados durante a coleta, armazenagem e transporte do sêmen.

 

********



fonte: Livestock Production Science, v.62, p.207-220, 2000.

RENATA DE OLIVEIRA SOUZA DIAS

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

TAMIRES MIRANDA DE ARAÚJO

BAMBUÍ - MINAS GERAIS - ESTUDANTE

EM 16/08/2012

Que legal dessas informaçoes sobre a qualidade de um sêmem...


O quanto a inseminaçao artificial corre riscos se caso nao for adequadamente coletado e inseminado!


Obrigado ...


MilkPoint AgriPoint