ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Capim Braquiária: altura inicial e tempo de diferimento

POR ROBERTA BRÁULIO

PRODUÇÃO DE LEITE

EM 17/06/2021

3 MIN DE LEITURA

0
6

"Para a Braquiária, o período mais longo de diferimento reduz os efeitos que a altura inicial pode causar no pasto."
 

Importância do diferimento de pasto

Em épocas de seca, a falta de pasto em muitas propriedades é um cenário quase que normal, deixando muitos animais em precárias situações. Entretanto, existem meios de se evitar que o gado tenha o famoso “efeito sanfona”, engorda nas águas e emagrece na seca. Tais meios podem sem obtidos através do diferimento ou vedação da pastagem, onde parte do pasto é selecionado e colocado somente para pastejo, garantindo o acúmulo de pastagem para ser utilizada no período da seca.

 

Tempo de vedação do pasto

A vedação do pasto por tempo muito longo produz maior quantidade de capim, mas aumenta a quantidade de colmo, folhas mortas e perfis reprodutivos que não são muito nutritivos para o gado e a vedação por um menor tempo reduz quantidades de colmo, folhas mortas, mas também reduz a quantidade de pasto. Gouveia, conclui dizendo que a altura inicial de vedação é importante no diferimento do pasto porque melhora as características nutritivas da planta.
 

Metodologia utilizada no trabalho

Gouveia fez o diferimento de pasto em dois anos seguidos, 2010 e 2011, nos meses de janeiro a julho para testar qual altura inicial de diferimento é melhor e até qual tamanho o pasto de Braquiária ainda é nutritivo para o gado. Ele testou no ano de 2010 três alturas diferentes, de 10, 20 e 30 cm com 171, 141 e 109 dias de diferimento cada pasto. No ano de 2011, Gouveia testou as mesmas alturas, de 10, 20 e 30 cm, mas em 131, 100 e 71 dias. Foi feito adubação nitrogenada nos pastos com 70 kg/ha de N na forma de Ureia.

Resultados encontrados:

  • Altura do pasto: A altura do pasto não influenciou o número de perfilhos reprodutivos do capim Braquiária e quanto maior o período de diferimento do pasto maior foi a altura da forragem.  
  •  Tombamento do pasto: A altura inicial do diferimento não teve efeito sobre o tombamento do pasto, mas quanto maior a altura do pasto maior é o tombamento.
  • Quantidade de forragem: Quanto maior o tempo de diferimento maior é a massa de forragem do pasto e pastos diferidos com menor altura inicial possuem menos massa de forragem, conforme a tabela 1.

Tabela 1. Massa de forragem (kg.ha-1 de MS) do capim-braquiária diferido com diferentes alturas e períodos nos anos de 2010 e 2011.

  • Quantidade de folhas mortas: Pastos diferidos por maior tempo tiverem maior quantidade de folhas mortas e pastos diferidos por menor tempo tiveram menor quantidade de folhas mortas.
  • Colmo morto: O maior tempo de diferimento e maior altura inicial causam maiores mortes no colmo. 
  • Mês de diferimento: Pastos diferidos em janeiro e fevereiro tiverem maior quantidade de folhas mortas do que pastos diferidos em março.
  • Crescimento da forrageira: Em tempo de diferimento maior muitos perfilhos vegetativos da planta se desenvolveram para perfilhos reprodutivos tendo maior crescimento da forrageira.

Conclusões do artigo de Gouveia: Para a Braquiária, o período mais longo de diferimento reduz os efeitos que a altura inicial pode causar no pasto. Ele conclui que pastos de Braquiária diferidos para serem utilizados em julho por um menor período de tempo, devem ter períodos de diferimento com duração entre 71 e 109 dias e altura inicial de 20 a 30 cm, já os pastos que serão diferidos por mais tempo deve-se adotar uma altura inicial de 10 cm, no início do período de diferimento.

Referências

O presente texto foi baseado no artigo elaborado pelo pesquisador Francisco Gouveia et al, com o título “Altura inicial e período de diferimento em pastos de Capim-braquiária”, publicado em 2017 pela revista de Ciência Animal Brasileira1. Gouveia aborda no trabalho a relação entre a altura inicial da Braquiária (U. decumbens cv. Basilisk) com o tempo de diferimento ideal. Conclui destacando a altura e tempo ideal para diferimento da Braquiária. 

Gouveia, F. de S., Fonseca, D. M. da, Santos, M. E. R., Gomes, V. M., & Carvalho, A. N. de. (2017). Altura inicial e período de diferimento em pastos de capim-braquiária. Ciência Animal Brasileira, 18. DOI: 10.1590/1089-6891v18e-43744.

*Foto do artigo: Pixabay 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint