Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Leite & Mercado > Leite & Saúde

Pesquisa aponta que consumo de lácteos previne o ganho de peso em mulheres de meia idade ou idosas

postado em 29/02/2016

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Alguns estudos recentes reportaram descobertas inconsistentes sobre a associação entre o consumo de produtos lácteos e a mudança de peso e obesidade. Poucas pesquisas prospectivas investigaram o papel do consumo de lácteos na mudança de peso e no risco de obesidade/sobrepeso, bem como se essas associações dependem do peso corpóreo inicial.

Diante disso, uma nova pesquisa publicada no American Journal of Clinical Nutrition avaliou como o consumo de lácteos estava associado com a mudança de peso e o risco de sobrepeso/obesidade em mulheres inicialmente com peso normal.

O estudo incluiu 18.438 mulheres com 45 anos ou mais que eram livres de doenças cardiovasculares, câncer e diabetes e tinham o índice de massa corpórea (IMC) de 18,5 a < 25 no início do estudo. O consumo de lácteos foi avaliado com o uso de um questionário sobre frequência de consumo de alimentos com 131 itens.

As mulheres reportaram seus pesos, bem como os fatores de risco relacionados à obesidade no começo e em questionários de questionamentos anuais. Em cada período de acompanhamento, as mulheres foram categorizadas como peso normal (IMC de 18,5 a menos que 25), sobrepeso (IMC de 25 a menos que 30) ou obesas (IMC maior que 30).

Durante o período médio de acompanhamento de 11,2 anos, 8.238 mulheres ficaram com sobrepeso ou obesas. As mudanças no peso ajustadas para múltiplas variáveis durante o período de acompanhamento de 18 anos foram de 1,90 ± 0,09 para o grupo de menor consumo de lácteos (grupo 1); 1,88 ± 0,08 para o grupo 2; 1,86 ± 0,09 para o grupo 3; 1,82 ± 0,09 para o grupo 4; e 1,65 ± 0,09 kg para o grupo 5 (de maior consumo total de lácteos).

O resultado apontou que o maior consumo de produtos lácteos com alto teor de gordura foi associado com menos ganho de peso. Em uma análise ajustada para múltiplas variáveis, o menor risco de uma mulher ter sobrepeso ou obesa foi observado no grupo de maior consumo de lácteos com alto teor de gordura. Suplementação dietética com cálcio ou vitamina D não esteve associado com o risco de obesidade ou sobrepeso.

O maior consumo de lácteos, portanto, pode ser importante na prevenção do ganho de peso em mulheres de meia idade ou idosas, que estão inicialmente com o peso normal.

As informações são do http://ajcn.nutrition.org, traduzidas pela Equipe MilkPoint.

 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2016 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade