Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Leite & Mercado > Giro Lácteo

Coopervale: fraude foi denunciada por ex-funcionário

postado em 29/10/2007

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

No dia 10 de agosto um ex-funcionário da Coopervale, de Uberaba (MG), comunicou a adulteração do leite com soda cáustica na Polícia Federal. Ele teria dito que a diretoria obrigava alguns funcionários a adulterar o leite para obter mais lucro. A reportagem do jornal Folha de S. Paulo tentou ouvir o delegado da PF de Uberaba, Ricardo Ruiz da Silva, mas o telefone dele estava desligado.

Segundo a Folha apurou, a denúncia encaminhada à PF seria uma represália à demissão de um diretor da Coopervale após Luiz Gualberto Ribeiro Ferreira vencer a eleição para a presidência da cooperativa.

Uma semana após a operação, apenas Ferreira segue preso em Uberaba. Em Passos, o presidente da Casmil, Dácio Del Fraro, dois diretores da cooperativa e um fiscal do Ministério Público Estadual tiveram sua prisão provisória prorrogada na sexta.

Avalie esse conteúdo: (2 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2016 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade