ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Minuto Mercado [vídeo]: o pós greve e as mudanças no cenário do mercado lácteo

Nesta edição do Minuto Mercado, Valter Galan, analista do MilkPoint Mercado e sócio do MilkPoint Inteligência, fala sobre os impactos da greve dos caminhoneiros para a cadeia leiteira e a mudança de cenário ocasionada por ela. Confira abaixo o vídeo na íntegra:

Principais tópicos abordados:

- Cenário de mercado no pós greve > com relação à oferta, houve perdas de volume (leite coletado e não processado/leite não coletado) e queda na produção de leite. Já com relação à demanda - que já estava se recuperando desde o ano passado – houve uma necessidade de estoques nos canais de venda.

- Efeitos do mercado > forte elevação de preços no atacado e no mercado spot, maior movimentação/competição e subida de preços (maior que no cenário ‘antes da greve’) do leite ao produtor.

Ficou com alguma dúvida? Participe deixando um comentário no box abaixo:

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

VALDIR CAMPOS

EM 26/06/2018

no norte do pais devido aos altos estoques dos comerciantes {estoque para 45 dd) este este aumento de demanda foi minimo .aqui ainda se vende leite em po no ponto de venda a R$17.00 o kg e queijo muçarela a R$ 20,00 o leite uht subiu um pouco ,mas não se sustentou devido a estoques que já estão com vencimentos próximos. acredito em um aumento de moderado por falta de demanda ,pelo lado do consumo não.
a queda na renda desta regiao e grande e o consumo nao tem como aumentar