ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Vacas Saudáveis, Lucros Saudáveis!

NOVIDADES DOS PARCEIROS

EM 12/04/2021

8 MIN DE LEITURA

0
0

Tudo o que você precisa saber sobre o monitoramento bem-sucedido da saúde das vacas

Um campo cheio de vacas mastigando é uma visão alegre para qualquer pecuarista leiteiro. Esses músculos da mandíbula, constantemente agitados, são um dos sinais mais certos de que tudo está bem na fazenda. Por outro lado, avistar apenas uma vaca deitada ao lado, orelhas abaixadas, olhos opacos e mandíbula imóvel pode deixá-lo em um espiral de preocupação. Como produtor, seu objetivo é produzir o máximo possível de leite nutritivo de alta qualidade e para conseguir isso, você precisa de vacas saudáveis.

 A vaca é a jogadora premiada em sua fazenda, ao atender às necessidades dela você simultaneamente aumenta suas próprias metas financeiras e de produtividade.   Mesmo que você tenha investido em ração de alta qualidade, equipamentos de ordenha sofisticados e condições de vida confortáveis, se algo está incomodando as vacas, seus lucros vão despencar. Um pouco de superlotação, um excesso de sujeira no ambiente, um lote de ração ruim, ou um parasita desenfreado, pode causar estragos no bem-estar das vacas e apesar de todos os seus esforços, uma doença pode atacar a qualquer momento.

Para alcançar a produção de leite ideal durante todo o ano, você precisa de um método confiável para detectar e prevenir doenças o mais cedo possível. Isso significa estar constantemente atento aos sinais de deterioração da saúde. Na fazenda moderna, existem várias maneiras de fazer isso - tanto tradicional quanto tecnológica - cada uma com vantagens e desvantagens.

Neste artigo, revisamos as melhores práticas atuais no monitoramento da saúde das vacas.

Sinais Visuais e Sensoriais de uma Vaca Doente

Os bovinos leiteiros transmitem continuamente sinais sobre bem-estar e saúde através de seu comportamento, níveis de atividade, postura e outros sinais físicos, como brilho nos olhos ou posição das orelhas. Isso pode ser discernido por meio de observação profunda; uma olhada rápida não será suficiente. As vacas também transmitem sinais fisiológicos, como frequência respiratória, frequência cardíaca e concentração de metabólitos no sangue. Para medir esses sinais, os produtores precisam de equipamento especializado; Os primeiros sinais de doença, são geralmente sutis e difíceis para os produtores menos experientes perceberem. Um produtor experiente está altamente atento a sinais aparentemente minúsculos, como velocidade de movimento, afastamento e velocidade de ruminação.

Monitoramento das vacasCom técnicas de observação mais práticas, os produtores podem descobrir se uma vaca está com febre ou se seu hálito tem um cheiro doce e enjoativo, indicativo de cetose, portanto, se sua equipe tem o nível certo de experiência, ela pode monitorar a saúde e  o bem-estar das vacas observando esses sinais físicos, mas esteja ciente de esta opção é extremamente demorada - especialmente em fazendas com várias centenas ou até milhares de vacas. Sem o equipamento necessário para analisar outros sinais, como a composição de sangue ou leite, e se você está realmente obtendo os dados mais precisos possíveis... Felizmente, na era da pecuária tecnológica atual, há outra saída para obtenção dos dados.

Ruminação - A Janela Para a Saúde da Vaca

Indicador de saúde das vacasAs vacas podem até parecer engraçadas, com suas mandíbulas em movimento constante, mas essa atividade é na verdade um dos indicadores mais importantes sobre a saúde das vacas. Um animal saudável passa muitas horas ruminando (8-9 horas), vale ressaltar que o rúmen é a primeira de cinco câmaras digestivas e aquela onde ocorre a fermentação. Dentro do rúmen, microorganismos quebram a comida da vaca,   convertendo-a em ácidos graxos e aminoácidos que são a base de um leite saudável. Quanto maior a qualidade da ração e mais eficaz e contínua a ruminação, melhor a qualidade e o volume do leite.

Inúmeros estudos revelaram a existência de uma potente ligação entre ruminação e boa saúde. Um processo de ruminação saudável é o pilar de uma vaca saudável e uma queda na ruminação, muitas vezes é o sinal mais revelador de que algo não está certo. Portanto, monitorar continuamente a atividade de ruminação é uma das melhores coisas que um produtor de leite pode fazer para detectar com precisão a doença, uma ação simples de rastrear com o equipamento certo.

Duas métricas são melhores que uma!

Embora o monitoramento contínuo da ruminação forneça dados úteis para os produtores, monitorar a ruminação ao lado de outra métrica, pode ser ainda mais informativo. Estudos têm demonstrado que, monitorando o tempo de alimentação (ou seja, quanto tempo a vaca se alimenta) em paralelo com a atividade de ruminação, os produtores podem identificar vacas com probabilidade de estar doentes, com um grau de precisão maior do que rastreando uma métrica isolada.

Monitoramento eletrônico de ruminação

Felizmente, não é difícil monitorar a ruminação nesta era tecnológica. Todos  os dados necessários podem ser coletados usando um sistema autônomo para monitoramento de vacas, que coleta continuamente dados de ruminação e alimentação, através de um colar usado ao redor do pescoço da vaca. Os dados são transmitidos para uma plataforma de fácil leitura que os produtores podem acessar AfiCollar Monitoramentofacilmente a partir de qualquer computador ou mesmo de um telefone celular para uma condução fácil e contínua a qualquer hora do dia. Este método não invasivo é provavelmente um dos investimentos tecnológicos mais simples que os produtores de leite podem fazer, buscando obter resultados rápidos e facilmente rastreáveis.

O novo colar de vacas da Afimilk para monitoramento contínuo rastreia as duas métricas, o padrão ouro - ruminação e padrões alimentares - bem como as duas métricas combinadas.

O colar é de fácil aplicação e confortável para vacas de leite, vacas secas e novilhas, sendo que a tecnologia para rastrear essas métricas, tem vantagens distintas em relação ao uso de meios sensoriais, não exigindo habilidades especializadas, além de ser altamente precisa - como comprovado por vários estudos. Além de fornecer dados sobre a saúde individual das vacas, os sistemas também podem fornecer uma grande visão sobre o comportamento e a saúde do rebanho em grupo.

Identificação de Vacas em risco de doença

Alertas de saúde animal AfiCollarOs transtornos de saúde não só afetam negativamente o bem-estar das vacas leiteiras, mas também estão associados a perdas econômicas significativas para a fazenda. Com um sistema de monitoramento de vacas como o AfiCollar, os produtores podem ser alertados assim que houver uma queda na ruminação ou mudança nos padrões alimentares regulares, na ruminação ou no comportamento alimentar, que podem ser desencadeadas por vários motivos - mudança na qualidade da alimentação, um parasita ou uma doença mais grave, como acidose/cetose ou uma placenta retida.

Os produtores não saberão a causa exata da mudança sem uma investigação mais aprofundada, no entanto, apenas saber que uma vaca não está no pico de saúde, antes de entrar na sala de ordenha é uma informação valiosa para economia de tempo, pois os produtores sabem com antecedência quais vacas devem ser separadas para uma verificação mais aprofundada.

Não vamos esquecer vacas secas!

As vacas que estão sendo secas na preparação para o parto, correm frequentemente o risco de desenvolver um problema de saúde. Em uma fazenda regular, onde uma solução tecnológica de monitoramento de vacas não é implantada, a doença em vacas secas pode muito bem passar despercebida até um estágio muito mais tarde. Isso é algo que não acontecerá, caso a ruminação e a ingestão alimentar sejam monitoradas. Mesmo as vacas que não são regularmente verificadas - como vacas secas - serão sinalizadas no sistema assim que a ruminação ou alimentação mudarem, dando aos produtores maior tranquilidade sobre todo o seu rebanho.

Detecção Precoce, Intervenção Precoce

Na maioria dos casos, quando os sinais visuais ou sensoriais da doença estão presentes, a doença já avançou. Uma das maiores vantagens do monitoramento autônomo de vacas é que ele pode alertar os produtores para a presença de um potencial problema de saúde precocemente, permitindo assim que eles tomem medidas imediatas. A intervenção precoce significa que os problemas com vacas individuais e grupos como um todo podem ser tratados antes que eles se desenvolvam em um problema mais sério. A intervenção precoce também maximiza a eficácia do tratamento, causando danos mínimos à produção de leite, fertilidade das vacas e, em alguns casos, mortalidade. Se uma vaca sofre de uma das muitas condições de saúde comuns que muitas vezes atingem o gado leiteiro - como cetose, mastite, Acidoses Ruminal Subclínica (SARA) - ou se um fator ambiental, como superpopulação, o tratamento imediato permitirá que as vacas retornem à sua boa saúde habitual e a máxima produtividade o mais cedo possível.

Conclusão

Todos os agricultores querem o rebanho mais saudável possível e a detecção precoce,  somada à prevenção de doenças, são os pilares para manter as vacas saudáveis e produtivas. Em uma fazenda movimentada com muitos animais, funcionários com diferentes graus de experiência e treinamento, a maneira mais eficiente de garantir a detecção e prevenção precisa de doenças é implantar um dispositivo, que rastreie a ruminação e os dados alimentares em tempo real, tanto em vacas individuais quanto em grupos.

A poderosa combinação dessas métricas, tem sido cientificamente comprovada como o melhor indicador de uma variedade de condições de saúde. O monitoramento autônomo de vacas com dispositivo eletrônico, além de menos trabalhoso é mais preciso do que depender apenas de pistas visuais e sensoriais, trazendo maior liberdade e tranquilidade com vacas saudáveis, felizes e produtivas.

Uma nova era da pecuária foi iniciada com a disseminação generalizada de equipamentos eletrônicos,  que atualizam, simplificam e melhoram a eficiência na pecuária e o estilo de vida dos produtores. Ruminação e rastreamento alimentar, são pontos importantes para  produtores que desejam entender como a tecnologia pode aumentar sua experiência e rentabilidade.

DICA ÚTIL

Participe da Campanha AfiCollar 2021, e tenha acesso a todas estas soluções Afimilk! Aproveite descontos incríveis com parcelamento em até 36 vezes iguais.

*Promoção por tempo limitado.

Clique aqui para mais informações sobre a campanha:

 

Fonte: Afimilk.com

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint