ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Uso de Selante interno: uma ótima ferramenta para controle da mastite

NOVIDADES DOS PARCEIROS

EM 20/02/2017

2 MIN DE LEITURA

0
0
A vida produtiva de uma vaca de leite desenvolve-se durante o ano atravessando duas etapas claramente definidas: o período de lactação e o período de secagem.

Como complemento de Boas Praticas de Manejo, um programa de úbere saudável baseia-se fundamentalmente na prevenção fazendo foco em quatro (4) pilares principais do gado leiteiro:

LACTAÇÃO, REPRODUÇÃO, SECAGEM e CRIAÇÃO DE BEZERRAS

O desenvolvimento de novas infecções no período seco pode estar entre 6% - 26%, dependendo do rebanho e as condições de manejo.

Entre 50% - 60% das novas infecções causadas por organismos ambientais tem lugar durante o período seco e mais de 50% das mastites clínicas observadas durante os 100 primeiros dias em lactação (DEL) tem sua origem no período seco, segundo Bradley e Green, 2000.

Deste modo o período de secagem é o momento estratégico para adoção de medidas de controle das inflamações na glândula mamaria de vacas leiteiras, sendo que a adoção de um tratamento de secagem associado a um produto selante interno é a melhor terapia para promover uma alta cura nas mastites subclínicas, prevenir novas infecções durante o período seco, como também a incidência de mastite clínica no pós-parto recente.

A terapia antimicrobiana para vacas secas promove altas doses de principio ativo na glândula mamária. Eles são colocados na glândula e o animal não é mais ordenhado. Por esta razão eles têm mais chance de serem efetivos. Eliminando infecções existentes e prevenindo novas infecções. A associação de Selantes Internos de Tetos à terapia com intramamários para vacas secas promove uma alta taxa de cura nas mastites subclínicas, reduz drasticamente novas infecções, como também a incidência de mastite clinica no pós-parto.

O selante interno de tetos (SIT) é aplicado em vacas leiteiras no momento da secagem, para selagem do canal do teto, é um mecanismo que mimetiza o mecanismo fisiológico de fechamento deste canal, auxiliando naturalmente na profilaxia da mastite.

Em alguns países existe grande pressão para redução do uso de antibióticos na produção animal, principalmente em vacas sadias, o que levou ao desenvolvimento de medidas preventivas como o selante interno de tetos a base de subnitrato de bismuto. O selante interno deve ser aplicado no momento da secagem e forma uma barreira física na extremidade dos tetos, que impede a entrada de bactérias causadoras de mastite. Este produto é inerte e insolúvel no leite e, portanto, não tem ação antimicrobiana. A retirada do produto pode ser facilmente realizada durante as primeiras ordenhas após o parto e não traz risco para a saúde da bezerra, caso ocorra ingestão pela mamada. Em termos gerais, o uso do selante interno em quartos sadios, apresenta efeito similar ou até melhor do que o tratamento de vaca seca, em termos de prevenção de novos casos de mastite, segundo Veiga, 2011.

UBRESAN® SELANTE

Produto que complementa a terapia antibiótica de secagem ao bloquear o ingresso de microrganismos patógenos no canal do teto.

Sem ação terapêutica, sua função é permanecer na cisterna do teto com ação mecânica de bloqueio.

Composição: Subnitrato de bismuto, 2,6 g. Excipientes, q.s.p.4 g.

Posologia: administra-se uma única dose por via intramamária depois da ordenha, ao momento da secagem.

Persiste durante todo o período seco formando uma barreira protetora.

No momento do parto: é removido facilmente, sem afetar a qualidade do colostro, não é tóxico para bezerra se mamar e não é antimicrobiano.

Carência: leite - o produto não requer período de carência.

Apresentação: embalagem com 24 seringas.

Por Biogénesis Bagó Saúde Animal

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint