FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

O uso da microencapsulação de nutrientes na alimentação de vacas leiteiras

NOVIDADES DOS PARCEIROS

EM 03/01/2021

3 MIN DE LEITURA

0
6

O progresso genético das vacas, visando uma maior produção leiteira, tem incrementado a demanda de nutrientes que, em algumas ocasiões, não conseguem serem cobertos adequadamente pela dieta.

Por outro lado, a necessidade de se aumentar a eficiência alimentar, promoveu o refinamento de modelos nutricionais para a alimentação de vacas leiteiras, os quais, se bem manejados, diminuem a excreção de nutrientes, que podem virar potenciais poluidores ambientais.

Para que se atinja os pontos acima citados, faz-se necessário o uso de nutrientes nas quantidades necessárias ao intestino do animal. Portanto, deve-se diminuir a ação dos microrganismos que coabitam no rúmen sobre alguns nutrientes/ingredientes específicos da dieta, e, para isso, é necessário o uso de algumas tecnologias de “proteção”, como a microencapsulação.

A microencapsulação possui ampla aplicabilidade na indústria alimentícia humana e animal, pois além de preservar alguns componentes nutricionais, reduz a reatividade com o ambien­te, diminui a velocidade de evaporação ou de transferência para o meio, facilita a manipulação, promove liberação controlada de determinadas substâncias, mascara o sabor e o odor desagradáveis, dilui homogeneamente o encapsulado na formulação alimentícia, regula a velocidade de liberação e absorção do nutriente e facilita a manipulação de substâncias corrosivas. Existem diversas formas de se microencapsular nutrientes, sendo: meios físicos, químicos ou a combinação de ambos (Piva et al., 2007; Rebello, 2009).

No caso dos ruminantes, duas tecnologias físicas de microencapsulação têm sido amplamente utilizadas para proteger os nutrientes: coating e matriz. Ambas tecnologias oferecem caraterísticas particulares, que lhe conferem atributos favoráveis ou não (Figura 1). A Vetagro é uma empresa Italiana que, desde 1982, produz nutrientes microencapsulados do tipo matriz, onde o nutriente encontra-se distribuído homogeneamente, em toda a microcápsula.

Figura 1. Tipos de microencapsulação mais utilizadas na indústria de proteção de nutrientes para ruminantes. Vantagens e desvantagens.

Seja qual for o tipo de tecnologia de microencapsulação de nutrientes para ruminantes, o assunto é delicado. O alvo da microencapsulação não é simplesmente evitar a degradação no rúmen, e sim, fornecer o nutriente no intestino do animal. Porém, tal objetivo responde a um somatório de atributos que vão desde o tipo de encapsulante, o nutriente a encapsular e a concentração inicial do nutriente.

Dependendo das características do nutriente a encapsular (higroscopicidade por ex.), a concentração inicial pode variar a fim de garantir uma boa proteção ruminal (a maior proporção de encapsulante, maior proteção do nutriente). Entretanto, pode existir uma relação inversa entre a proteção ruminal e a digestibilidade. Assim produtos muito protegidos, podem apresentar problemas de liberação e absorção no intestino, fazendo com que o nutriente simplesmente atrevesse todo o trato gastrointestinal, sem nenhum proveito para o animal.

Conhecendo essa limitante, a Vetagro investiu em experimentos com resultados práticos comprovados e oferta produtos otimizados e equilibrados entre a concentração inicial, by-pass ruminal e digestibilidade intestinal. E, graças à certificação das magnitudes dessas etapas digestivas em centros de pesquisa reconhecidos mundialmente, a Vetagro consegue fornecer o Valor Real* (Figura 2) para cada um de seus produtos (* a quantidade do nutriente que potencialmente é entregue no intestino da vaca). 

Figura 2. Tecnologia de microencapsulação da Vetagro

O Valor Real, é um conceito que norteia melhor o trabalho dos nutricionistas e, por isso, se aproxima mais à tão anelada nutrição de precisão de nossas vacas leiteiras, evitando os desperdícios e melhorando o lucro.

É necessário salientar que, igual às diferenças entre tecnologias de microencapsulação de nutrientes, existem diferenças nas metodologias de avaliação do produto terminado. No caso do by-pass ruminal existem métodos in situ e in vitro; e dentro do método in situ (utilizando-se o rúmen de um animal vivo) há diferentes tempos de avaliação. Por isso, ao estabelecer comparações entre produtos, no ponto de vista do consumidor ou fornecedor, deve-se ser criterioso no intuito de se fazê-las mais justas.

A microencapsulação adequada de nutrientes se contextualiza então como uma ferramenta ecologicamente correta, socialmente justa e economicamente viável, que oferece a solução para as necessidades específicas de aminoácidos, vitaminas e minerais que não são supridas pela alimentação convencional dos ruminantes de elevado desempenho. A Vetagro é uma empresa sólida, científica e possui um portfólio de nutrientes microencapsulados que atende a essas exigências nutricionais, visando auxiliar a produção de aproximadamente um milhão de vacas leiteiras especializadas, ordenhadas no Brasil.

QUER SABER MAIS SOBRE O ASSUNTO? ENTRE EM CONTATO PELO BOX ABAIXO.

Bibliografia

Piva, A., Pizzamiglio, V., Morlacchini, M., Tedeschi, M., & Piva, G. (2007). Lipid microencapsulation allows slow release of organic acids and natural identical flavors along the swine intestine. Journal of Animal Science, 85(2), 486-493.

Rebello, F. D. F. P. (2009). Microencapsulação de ingredientes alimentícios. Revista Agrogeoambiental, 1(3).

 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint