ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Manejo e alimentação de vacas durante o período seco/transição

NOVIDADES DOS PARCEIROS

EM 21/09/2015

3 MIN DE LEITURA

1
0
Por Anderson Di Pietro e Leonardo Corso - De Heus Nutrição Animal

O Período Seco é bastante crítico para as vacas leiteiras, pois nessa fase elas precisam repor as reservas necessárias para parir e produzir leite de qualidade, na próxima lactação. Do ponto de vista nutricional, o Período Seco – que fica entre uma lactação e outra - é uma fase preparatória para um período de grandes demandas metabólicas. Sanidade, nutrição, manejo, conforto e consumo de matéria-seca adequado são fatores que garantem o sucesso nessa fase de transição.

É importante entender que o período seco, que normalmente é de 60 dias, não é apenas um período de descanso para a vaca de leite durante o ciclo de produção, mas sim um período no qual importantes mudanças estão ocorrendo e que reduzir e amenizar ao máximo os impactos que tais mudanças possam ter no metabolismo da vaca é provavelmente um dos pontos chaves para proporcionar uma transição adequada para o início da lactação.

A nutrição e o manejo inadequado durante o Período Seco pode ter um impacto negativo na produção de leite, reprodução e saúde das vacas. Esse impacto negativo pode promover alguns problemas metabólicos e infecciosos, tais como hipocalcemia (febre do leite), cetose, deslocamento de abomaso, retenção de placenta e mastite, que pode inclusive ocasionar a morte do animal.

Os 60 dias do período seco coincidem com os últimos 2 meses de gestação, nos quais serão formados 2/3 do organismo do bezerro. Estando seca nesse período, a vaca terá um grande aporte sanguíneo (que anteriormente se dirigia ao úbere para a produção de leite) desviado para o útero. Os nutrientes serão prioritariamente direcionados ao desenvolvimento do bezerro que, certamente nascerá mais saudável.

O plano Prelacto agrupa as vacas em 4 fases distintas e com características e necessidades bem diferentes:

• Período de Secagem
• Período Seco
• Período Pré-parto
• Período Pós-parto

O Período de Secagem compreende as últimas semanas da lactação. O objetivo desta fase é adequar o ECC para 3,5 ( escore de condição corporal ). O ajuste da dieta é necessário para que o ECC esteja adequado já no momento da secagem.

O Período Seco corresponde as primeiras 4 a 6 semanas do período seco. Neste momento a utilização de antibióticos de longa duração é recomendado e visa prevenir a multiplicação de agentes na glândula mamária assim como combater as infecções subclínicas desenvolvidas no período de lactação. A terapia da vaca seca e o cuidado com o ambiente onde as vacas ficarão durante o período seco são medidas básicas para se evitar a mastite. Durante esta fase é importante dar ao tecido do úbere a oportunidade de recuperar-se antes da próxima lactação. Nesta fase é importante proporcionar aos animais uma ingestão de matéria seca adequada proveniente de forragens.

O Período Pré-parto propriamente dito, corresponde às últimas 2 a 3 semanas do período seco. Durante este período a vaca passa por alterações hormonais e metabólicas decorrentes da proximidade do parto ocasionadas pelo aumento na demanda de nutrientes, crescimento acelerado do feto, síntese de colostro, depressão da imunidade, mudanças de ambiente e a inevitável queda no consumo de alimento. Para amenizar estas alterações o objetivo é maximizar o consumo de matéria seca mesmo sabendo que nesta fase a redução no consumo nos dias que antecedem o parto é certa. Para que não ocorra uma grande variação no consumo destas vacas algumas medidas de manejo devem ser adotas pensando sempre em promover o máximo de conforto para estes animais como:

• Sombra disponível
• Evitar superlotação entre os lotes, se possível separar novilhas de vacas
• Evitar grandes mudanças de ambiente
• Acesso fácil à água limpa e fresca
• Espaçamento de cocho no mínimo de 80 cm por vaca
• Ambiente limpo e seco.

Uma dieta bem balanceada é de fundamental importância. Durante o Período de Pré-Parto, o consumo de matéria seca diminui acentuadamente, enquanto a exigência de nutrientes aumenta. Desta maneira torna-se indispensável aumentar a concentração da dieta em açucares, amido, minerais e vitaminas.

O Período Pós-parto tem como objetivo proporcionar aos animais um início de lactação sem complicações e saudável. Oferecer uma dieta bem balanceada com alimentos de alta qualidade para maximizar o consumo de matéria seca é fundamental nesta fase.

O plano Prelacto, desenvolvido pela De Heus, proporciona aos produtores de leite:

• Vacas saudáveis durante o período seco e lactação
• Lactação com início tranquilo e saudável
• Maiores produções de leite
• Colostro de excelente qualidade
• Bezerros saudáveis
• Redução na incidência de distúrbios metabólicos
• Maior expectativa de vida e menor descarte
• Maior lucratividade para o produtor
• Satisfação no trabalho

Prelacto é uma resposta ao período mais crítico da vida de uma vaca e garante animais saudáveis, nas melhores condições possíveis durante a nova lactação.



Para maiores informações sobre este novo conceito de nutrição para o Período Seco, entre em contato pelo box abaixo:

1

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

CDAIR DE DEUS BORGES

ALFREDO WAGNER - SANTA CATARINA - ESTUDANTE

EM 12/05/2020

boa a materia obrigado pelos conhecimentos adquiridos
MilkPoint AgriPoint