ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Como prevenir a diarreia e pneumonia em bezerros do nascimento até os três meses?

NOVIDADES DOS PARCEIROS

EM 08/11/2010

2 MIN DE LEITURA

0
0
Octaviano Alves Pereira Neto é Médico Veterinário, Mestre em Produção Animal e Gerente Técnico da Linha de Bovinos - Novartis Saúde Animal

É sempre importante estabelecer programas higiênico sanitários que reduzam a transmissão horizontal (animal a animal) dos agentes causadores das enfermidades.

Muitas das pneumonias e diarréias são causadas por microrganismos considerados como "normais" do trato respiratório e intestinal dos bezerros, porém em decorrência de condições adversas ao animal jovem, tais como, o estresse, parasitoses, falhas gerias de manejo (baixas condições de higiene ou superpopulação) entre outras podem levar que se multipliquem e produzam quadros de doença.

A base de todo programa de prevenção está relacionada ao adequado fornecimento do colostro aos bezerros após seu nascimento. Este primeiro leite é rico em anticorpos vindos da mãe (ou de vacas doadoras, conforme o caso), os quais são absorvidos de forma íntegra pelo intestino dos bezerros nas primeiras 24 a 36 horas de vida, representando a imunidade passiva, fundamental para proteger os animais antes que tenham condições de produzir por conta própria seus anticorpos no organismo (os bezerros nascem sem imunidade natural alguma).

A recomendação técnica é que após o nascimento o bezerro consuma no mínimo 10% do seu peso em colostro, ou seja, uma bezerra de 40kg deve ingerir cerca de 4kg de colostro.

Superado este momento inicial, os cuidados com a criação das bezerras é determinante para o correto e saudável crescimento desta futura matriz.

Existem duas correntes de defesa de sistemas de criação: uma que considera a criação coletiva e outra que devem ser mantidos isolados, em casinhas ou estacas. Particularmente concordo mais com a segunda, devido aos seguintes fatos:

1 - Há controle mais criterioso do desenvolvimento de cada bezerra. Você consegue perceber alterações individuais quase imediatamente ao seu surgimento, fato mais complicado se temos um lote razoavelmente grande de animais juntos.

2 - Há menores chances de dominância social, a qual pode fazer com que bezerra maiores acabem impedindo que as menores se alimentem corretamente.

3 - A transmissão de doenças e menos favorecida, pois há distanciamento entre os indivíduos, especialmente considerando doenças que são transmitidas por aerossóis respiratórios ou por eliminação de patógenos através de excrementos sólidos e líquidos.

Nos casos de doença o tratamento passa a ser a ferramenta fundamental, pois os riscos de morte são muito grandes, por complicações respiratórias ou desidratação (no caso das diarréias).

A antibioticoterapia é ainda a melhor ferramenta sendo os produtos da linha Agrovet uma das bases deste controle. São produtos bactericidas, portanto, com efeito muito rápido e eficaz contra diarréias e pneumonias de bezerros.

Devem ser aplicados na dose recomendada conforme o peso do animal (1mL/20kg de peso) e por um período de três a quatro dias, pois muitas vezes há o desaparecimento dos sintomas, mas ainda a cura está se processando. Infelizmente é comum o produtor suspender o tratamento logo que os sintomas somem, porém é um erro, pois pode retornar a doença.

Outra alternativa em dose única é o Talcin MAX, (1mL/10kg de peso vivo) um outro produto com a tradição da marca Novartis Saúde Animal. Este produto à base do antibiótico oxitetraciclina vem associado a um antiinflamatório também de longa ação que favorece o restabelecimento do animal, especialmente nos casos de broncopneumonia.

Este produtos você encontra nas melhores revendas agropecuárias e cooperativas do país, sendo bastante conhecidos pelos veterinários de experiência no campo.

Como você pode perceber a criação de bezerros e bezerras requer cuidados para atingir sucesso. Lembre-se que você estará investindo no futuro do seu rebanho e falhas nesta fase podem acarretar perdas que podem se estender à toda a vida produtiva destes animais.

Para saber mais entre em contato pelo box abaixo:

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint