FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Taxa de prenhez por IA e TE em vacas de leite de alta produção

Autoras:

Mayara Oliveira e Daniela Demetrio (Ruann Genetics, Riverdale, CA, USA)

Ricarda Santos (Universidade Federal de Uberlândia, MG, Brasil)


O estresse térmico é um fator que afeta a fertilidade de vacas lactantes de alta produção. Sendo assim, no verão e início do outono são observadas taxas de prenhez (TP) reduzidas. Os programas de transferência de embriões são usados para produzir mais animais de alto mérito genético, mas também poderiam aumentar a fertilidade, contornando todos os fatores negativos que afetam o desenvolvimento de embriões antes dos 7 dias (desenvolvimento de ovócitos, ovulação, fertilização e/ou desenvolvimento inicial dos embriões).

Neste estudo, foram analisados os dados de inseminação artificial (IA) e transferência de embrião (TE) entre junho de 2017 e maio de 2019. Junho, julho, agosto, setembro e outubro, foram chamados meses críticos, uma vez que a taxa de concepção da primeira IA fica inferior a 44%.

As vacas estavam alojadas na Maddox Dairy em Riverdale - Califórnia/EUA. O rebanho, formado de vacas holandesas, contava com a ordenha 3500 animais, com equivalente adulto de produção de leite em 305 dias de 12.800 kg.

Vacas de primeira e segunda lactação eram incluídas em um programa de sincronização da ovulação conhecido como presync-ovsynch estrus, para que a primeira IA ocorresse aos 85 dias após o parto ou para receber um embrião 7 ou 8 dias após cio esperado.

Os embriões eram produzidos in vivo ou in vitro em doadoras holandesas, e eles eram transferidos frescos ou congelados.

O sangue foi coletado no dia 30 após o cio esperado (23 dias após a TE) e a gestação diagnosticada pelo Teste de Gestação Bovina IDEXX PAG (parte da placenta dos ruminantes produz glicoproteínas associadas à gestação (PAG) que podem ser detectadas por ELISA no sangue da vaca gestante a partir de 28 dias. Vários rebanhos leiteiros dos EUA têm usado este teste para complementar ou substituir o uso da ultrassonografia transrectal para diagnóstico precoce da gestação. A capacidade preditiva da PAG para diagnosticar a gestação é alta: acima de 95% de precisão).

Todas as vacas sincronizadas para receber IATF foram inseminadas, mas apenas vacas com a presença de um corpo lúteo (CL) no dia da transferência receberam embrião. A presença de pelo menos um CL não foi detectada em 28,7% das vacas (32,2% nos meses críticos e 25,7% nas demais). Infelizmente, a presença do CL não pode ser detectada por ultrassonografia em todas as transferências de embriões, de modo que a taxa de não ovulação pode ter sido superestimada. As vacas sem CL foram consideradas vazias e utilizadas para calcular a taxa de prenhez ajustada (AdjPR).

A taxa de prenhez por TE foi superior à IA, especialmente nos meses críticos. Os embriões frescos produzidos in vivo tiveram mais impacto positivo na taxa de prenhez. Quando as vacas sem CL foram consideradas vazias, a diferença entre IA e ET ainda é evidente para embriões produzidos in vivo e transferidos frescos (Tabela 1).

Tabela 1. Efeitos do período do ano sobre a taxa de prenhez e taxa de prenhez ajustada após inseminação artificial ou transferência de embriões em vacas holandesas lactantes de junho de 2017 a maio de 2019, Riverdale, CA.

PR = Taxa de prenhez; AdjPR = taxa de prenhez ajustada (vacas sem CL no momento da transferência de embriões foram consideradas vazias no cálculo)

Além de produzir animais de maior mérito genético, a TE pode manter a fertilidade em vacas holandesas em lactação, especialmente durante os meses críticos do ano. O outro benefício do uso de TE, é que as vacas que não ovulam são ressincronizadas imediatamente, o que não é o caso das vacas inseminadas.

3

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

RICARDO VIVAN

NOVA BASSANO - RIO GRANDE DO SUL - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 16/03/2020

Gostaria de saber a porcentagem de prenhez em animais feito implante?
RICARDA MARIA DOS SANTOS

UBERLÂNDIA - MINAS GERAIS - PESQUISA/ENSINO

EM 11/03/2020

Prezado GUILHERME LÚCIO,
Obrigada pela participação!!
As imagens são: embriões, a fazenda e a Medica Veterinária Daniela Demetrio implantado embriões, ela esta usando um aparelho de ultrassom que a tela eh um óculos.
Para a dosagem das glicoproteínas associadas a gestação (PAG) eh feito uma coleta de sangue convencional.
Ricarda
GUILHERME LÚCIO

OURO FINO - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 10/03/2020

Gostaria de saber se o conteúdo apontado na imagem se refere a embriões ou a amostras de glicoproteínas?
MilkPoint AgriPoint