ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Terapia Seletiva: Como adotar essa prática na fazenda? (Parte 2)

Em nosso último artigo, trouxemos alguns pontos abordados na mentoria “Como aumentar a rentabilidade da produção leiteira através da qualidade do leite”, promovida pela Zoetis durante o evento Milkpoint Experts – Feras da Gestão, ministrada pelo professor Rodrigo Bicalho, professor associado de Medicina da Produção de Leite no Departamento de População e Ciências Diagnóstica pela Universidade de Cornell (EUA). 

Dando sequência à mentoria, o professor Rodrigo destacou também os benefícios econômicos e técnicos da terapia seletiva na secagem, onde mais uma vez os ganhos são com o uso de antimicrobianos somente nos animais que necessitam, além de maior segurança frente a possíveis resíduos dos antimicrobianos no leite durante o período pós-parto.

A terapia seletiva de secagem consiste na pré-seleção dos animais que irão ou não receber o antibiótico intramamário juntamente com a aplicação do selante de teto em todos os animais a fim de diminuir o risco de novas infecções durante o período seco. A definição dos grupos de tratamento intramamário deve ser feita com base no resultado da cultura bacteriológica do leite entre 1 e 2 dias antes da secagem das vacas, associando aos resultados do controle de CCS individual. Abaixo podemos ver destacados os protocolos conforme o resultado da cultura microbiológica:

Terapia seletiva

De acordo com o estudo realizado por Rowe et al., (2019) quando aplicamos a terapia seletiva de secagem podemos reduzir o uso de antimicrobianos em até 55%, sem aumentar o risco de novas infecções intramamárias ou comprometer a qualidade do leite na lactação futura. Vale a pena lembrar que para a técnica atingir o resultado esperado devemos levar em consideração alguns pontos básicos:

  1. Proceder com a identificação do agente causador (cultura bacteriológica) antes da secagem; 

  2. Aplicação dos produtos intramamários de forma asséptica e de acordo com a indicação em bula;

  3. Uso de produtos testados e com eficácia comprovada em literatura para o completo sucesso da técnica.

Sabemos que o uso consciente de antimicrobianos é uma responsabilidade de todos e nós da Zoetis estamos empenhados em ajudar nossos clientes, veterinários e produtores a usar antibióticos com responsabilidade e temos o compromisso de estimular boas práticas, como a técnica de identificação e tratamento dos agentes de forma seletiva na lactação e na secagem. Para saber mais clique aqui.

 

MM-15202.

Referências disponíveis mediante solicitação.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint