carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Água, vento, tempo e uma vaca: é tudo o que você precisa para resfriar seu rebanho leiteiro no verão -Parte I

Por Israel Flamenbaum
postado em 28/09/2016

6 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Durante minhas atividades de consultoria, visito muitas fazendas, especialmente aquelas localizadas em “regiões quentes” do mundo. As visitas têm como foco os esforços para reduzir o impacto negativo do estresse térmico de verão na performance das vacas.

Algumas fazendas que visito não dispõem de nenhum meio de resfriar suas vacas no verão e necessitam partir do início. O "resfriamento de vacas" é um dos tópicos mais estudados nos últimos anos por pesquisadores de universidades e instituições de pesquisa em países quentes e publicados em artigos científicos e populares. Com base nas informações obtidas, ministros da agricultura e organizações de fazendeiros publicaram livros e boletins de recomendações, fornecendo instruções para uma adequada instalação e operação de sistemas de resfriamento para vacas no verão.

Infelizmente, apesar do extenso conhecimento publicado sobre o tópico de resfriamento de vacas e o fácil acesso de produtores à informação, somente uma pequena parte das fazendas de gado leiteiro que visitei até hoje usam adequadamente seus sistemas de resfriamento e obtêm os resultados esperados. O índice de “relação verão-inverno” tem sido usado há mais de uma década no setor leiteiro de Israel e é uma boa ferramenta para avaliar a capacidade do gado leiteiro de lidar com sucesso com o estresse térmico.

Os dados publicados em Israel nos últimos anos indicam uma ampla variação no índice em termos de produção de leite e taxa de concepção, entre diferentes fazendas. Em média, as fazendas leiteiras de Israel produziram 4% menos leite no verão (julho - setembro) de 2013, quando comparadas ao inverno (janeiro - março). O grau da redução foi superior a 20% em algumas das fazendas, enquanto que em outras não houve nenhuma redução. No mesmo ano, a média nacional da taxa de concepção no verão alcançou 26%, variando entre 5% em algumas fazendas leiteiras e 40% em outras.

O que faz a diferença entre fazendas de gado leiteiro em relação à performance das vacas no verão?

É provável que algumas das diferenças se encontrem na localização geográfica e topográfica das fazendas leiteiras, no tipo de alojamento e na densidade de vacas no interior das construções, bem como no tipo de alimentação e na frequência com que esta é distribuída às vacas. Contudo, em minha opinião, o fator que causa o maior impacto na performance das vacas no verão é a “qualidade do resfriamento”.

Recentemente, me perguntei quais eram as características do que chamamos “qualidade de resfriamento”, e a resposta que dei consiste nas quatro palavras presentes no título deste artigo: água, vento, tempo e a vaca.

Neste artigo, dividido em três partes, gostaria de desenvolver cada um destes quatro fatores e sua contribuição à qualidade de resfriamento. Em minha experiência, aprendi que somente uma aplicação completa e uma combinação correta de todos estes fatores permite alcançar um resfriamento adequado às vacas no verão e alcançar os resultados produtivos e reprodutivos esperados, conforme mencionado acima.

Água

Em nosso caso, não é somente a água para beber, embora esta questão seja de grande importância para as vacas no verão. No mínimo 10 cm de área de bebedouro por vaca com água limpa e fresca são recomendados em regiões quentes, para atender as necessidades das vacas, preferencialmente de forma bem distribuída ao longo do estábulo.

A água neste caso é aquela para o processo de resfriamento. A combinação de água e ventilação forçada é a melhor forma de resfriar as vacas. A evaporação de água do corpo dos animais permite uma perda térmica cinco vezes maior do que aquela alcançada somente pela ventilação ou pela água.

Mas como molhamos as vacas adequadamente?



Na próxima semana, traremos na continuação deste artigo os principais aspectos para molhar e resfriar as vacas adequadamente.
 

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Comentários

Paulo Sergío Teruel

Avaré - São Paulo - Produção de leite
postado em 29/09/2016

   
     O tema é de vital importância  para nossa atividade , nosso rebanho se encontra no estado de São Paulo , município de Tejupa , tomos água  e ventilação , mas realmente não
atingimos o equilíbrio  nos índices  entre verão e inverno .  Aguardo  por mais informações , mas se for oportuno deixo uma pergunta  : fazes a tosquia dos animais no inicio do verão
ajuda ou tem pouca interferência nos resultados . Obrigado !   

mario r torres neto

Catiguá - São Paulo - Produção de leite
postado em 02/10/2016

preciso saber qual e a melhor forma de fazer o resfriamento das vacas  no estabulo

Israel Flamenbaum

Tel Aviv - Tel Aviv - Israel - Consultoria/extensão rural
postado em 05/10/2016

We have some preliminary studies in Israel who shoes that shearing the cows in early warm season helps them tolerate better heat stress. There is a need for more research on it before being able to give solid recommendation.

Israel Flamenbaum

Tel Aviv - Tel Aviv - Israel - Consultoria/extensão rural
postado em 05/10/2016

This is a wide topic and the answer can be very long. I recommend your inscription to the course  on the topic, to be provided by Milk Point. Also, you can ask them a copy of my lectures in video which I know, exists in Milk Point library.

EducaPoint

OUTRA - OUTRO - NENHUM - Pesquisa/ensino
postado em 05/10/2016

Olá Paulo,

Segue tradução da resposta do Professor Israel:

"Temos alguns estudos preliminares em Israel que mostram que tosquiar as vacas na estação quente cedo ajuda a tolerar o estresse por calor. Porém, há uma necessidade de mais pesquisas sobre o tema antes de ser capaz de prestar uma recomendação sólida."

Obrigado.
Abraços;

Equipe EducaPoint!

EducaPoint

OUTRA - OUTRO - NENHUM - Pesquisa/ensino
postado em 05/10/2016

Olá Paulo,

Segue tradução da resposta do Professor Israel:

"Este é um grande tema e a resposta pode ser muito longa. Eu recomendo a sua inscrição no curso  que temos sobre este assunto. O curso está disponível na biblioteca do EducaPoint: http://www.educapoint.com.br/curso/manejo-calorico/";

Obrigado.
Abraços;

Equipe EducaPoint!

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade