Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Da pequena à grande propriedade, a pasto ou confinado, por que produtores de leite estão apostando na robotização?

Por DeLaval
postado em 17/07/2017

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A DeLaval foi a primeira empresa do setor a trazer para a América Latina o VMS™, o inovador sistema de ordenha robotizado, desenvolvido para ordenhar o rebanho automaticamente durante 24 horas por dia e 7 dias por semana. Desde 2013, produtores em várias regiões do Brasil e da América Latina ordenham seus rebanhos em salas robotizadas.

Essas propriedades fazem parte de um grupo crescente que busca o mais alto nível de profissionalização e tecnificação na pecuária de leite e optaram pela robotização da ordenha buscando um novo modelo de produção de leite.

Atualmente, são mais de 100 robôs em operação em toda a América Latina, em propriedades com os mais diversos sistemas de produção e propósitos, do pequeno ao grande produtor, em sistemas confinados ou até mesmo a pasto.

Ao contrário do que ainda se acredita, ordenha robotizada não é somente para grandes fazendas, com altas produções. Nos vídeos abaixo, você irá quebrar esse paradigma: cinco propriedades de diferentes perfis contam pra gente como a tecnologia está revolucionando a sua produção de leite.

Assista abaixo:

Ordenha robotizada em sistemas a pasto? Sim, é possível! Conheça a história da Coi Coi (Chile), a primeira fazenda das Américas a produzir leite a pasto com ordenha robotizada.


Propriedade familiar produz queijos finos a partir do leite ordenhado exclusivamente com a ordenha robotizada! Conheça a história da família Cichelero (Carlos Barbosa/RS – Brasil)



64 robôs em uma fazenda só? Conheça o projeto visionário da Ancali (Chile), a maior fazenda leiteira robotizada do mundo!


O primeiro condomínio de produção leiteira com ordenha robotizada em um modelo associativo da América Latina é uma iniciativa da COSUEL - Dália Alimentos (Rio Grande do Sul – Brasil) em parceria com a DeLaval. Conheça esse projeto pioneiro!


O principal instituto de pesquisas agropecuária da Argentina (INTA) foi o primeiro a instalar um sistema robotizado para realização de estudos sobre a tecnologia. Conheça essa história!
 

Para saber mais entre em contato pelo box abaixo:

 

Saiba mais sobre o autor desse conteúdo

DeLaval    Jaguariúna - São Paulo

Indústria de insumos para a produção

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade