Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Não forneça alimentação em excesso para as novilhas durante o segundo ano

Por CRV Lagoa
postado em 21/11/2016

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Por Fokko Tolsma - Consultor Técnico em Gestão e Manejo de Gado Leiteiro da CRV

Muitos produtores alimentam excessivamente as novilhas após o período da inseminação. O motivo é porque os produtores gostam de fornecer um mix de concentrado e silagem de milho e não uma forragem de silagem de capim, feno ou palha. Normalmente, escuta-se que para fazer a silagem de capim leva mais tempo e costuma ser mais caro.

Isso pode ser verdade, mas fornecer silagem de milho na dieta base pode ter algumas desvantagens, como um maior risco para a novilha se tornar gorda e não desenvolver um bom conteúdo ruminal. Uma vaca de alta produção leiteira precisa de um bom conteúdo ruminal e as costelas devem ficar largas. Normalmente, em torno do parto, você deve ser capaz de colocar dois dedos entre as costelas da novilha.

Se você quer ter vacas com alto rendimento produtivo você precisa ter certeza de que os animais estão recebendo volumoso com alta fibra bruta. Palha de cevada, feno ou silagem de capim longo são dadas como base da ração, suplementadas com concentrado e minerais necessários. Dessa forma, as novilhas estarão magras e com um escore de condição corporal ideal (escore 3, você consegue ver 3 costelas) no momento do parto. As vantagens no escore 3 são que a novilha perderá menos peso pós parto, comerá mais e automaticamente produzirá mais.
As novilhas precisam mugir

Normalmente as novilhas precisam se sentir com fome. Elas mugem quando o tratador passa com a comida. As novilhas que recebem a ração com silagem, feno ou palha, normalmente escolhem o que irão comer. Elas tentam encontrar o grão de milho e não gostam de comer o volumoso com feno ou palha.

Muitas propriedades misturam mais a dieta, para diminuir a seleção, mas fazendo isso a forragem se torna muito pequena e, dessa forma, o rúmen não recebe a quantidade suficiente de fibra. Para resolver o problema do excesso de energia que o grão de milho possui, o produtor pode fornecer sorgo na dieta base. O sorgo possui menos energia do que o milho.

Um erro comum pode ser cometido por produtores que dão a sobra da comida das vacas para as novilhas prenhes, normalmente com grãos de milho. Seria melhor fornecer essa alimentação para os bezerros de 02 a 12 meses de idade.

Se as novilhas prenhes continuarem recebendo a silagem de milho na dieta, elas deverão caminhar pelo menos 5km por dia para prevenir o risco de exceder o peso.

Para saber mais entre em contato pelo box abaixo:

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2017 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade