ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Workshop discute em Araxá os desafios para a cadeia produtiva do leite

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 13/11/2003

3 MIN DE LEITURA

0
0
O Terceiro Congresso Internacional do Leite, que ocorrerá em Araxá, MG, de 3 a 5 de dezembro terá, entre seus eventos, a realização do III Workshop sobre Políticas Publicas para o Agronegócio do Leite. Uma das palestras que marcará a abertura do evento terá como tema os desafios nacionais da cadeia produtiva do leite, sob responsabilidade do presidente da Comissão Nacional da Pecuária de Leite da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Rodrigo Sant'Anna Alvim. A palestra contará com os comentários do presidente da Leite Brasil, Jorge Rubez.

O tema de debate surge em um momento bastante positivo para o setor leiteiro nacional. O Brasil é o sexto maior produtor de leite do mundo. A atividade tem crescido em torno de 4% ao ano. Dados da CNA colocam o leite em uma posição de destaque em relação aos demais produtos pecuários brasileiros. Em 2002, o Valor Bruto da Produção (VPB) na atividade pecuária foi de R$ 35 bilhões. O leite representou 19% deste total, com um VPB de R$ 6,6 bilhões.

A importância que o governo federal tem dado aos programas sociais deverá fazer com que a atividade cresça ainda mais nos próximos anos, já que o leite é fonte importante e barata de nutrientes indispensáveis para garantir ao ser humano uma vida saudável.

Além do aspecto nutricional, na geração de empregos, o produto também desempenha um importante papel social. O chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, Duarte Vilela, disse que a elevação na demanda final por produtos lácteos em R$ 1 milhão gera 195 empregos permanentes. "Este impacto supera o de setores tradicionalmente importantes na economia, como o automobilístico, o da construção civil, o siderúrgico e o têxtil", comentou.

O Brasil possui cerca de 1,1 milhão de propriedades que exploram o leite, ocupando diretamente 3,6 milhões de pessoas. O crescimento da atividade é uma forma de garantir a presença dessas pessoas no campo, evitando o êxodo rural.

Além do aumento da produtividade, com a incorporação de novas tecnologias geradas pela pesquisa agropecuária, há maior exigência da população por produtos de qualidade. Em pouco mais de um ano, entrará em vigor a Instrução Normativa 51, que exigirá maior rigidez na produção leiteira visando à menor contagem bacteriana e de células somáticas no produto. Se, por um lado, a legislação promoverá a melhora da qualidade do leite, ampliando as condições de o produto nacional competir no mercado externo, por outro, a norma promoverá um aumento dos custos de produção. Estas também serão questões a serem levantadas durante o Workhop.

Congresso

O Terceiro Congresso Internacional do Leite é uma realização da Embrapa Gado de Leite, Serrana Nutrição Animal, CNPq e Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, e será composto também pelo Quinto Simpósio sobre Sustentabilidade da Pecuária de Leite no Brasil.

O evento é um fórum de discussões do setor, voltado para produtores e suas representações corporativas, lideranças políticas, representantes de organizações públicas e privadas ligadas ao setor, estudantes e profissionais da assistência técnica e extensão rural.

Para Vilela, "é uma rara oportunidade de reunir em um mesmo fórum temas relacionados às políticas públicas e à tecnologia". Segundo ele, muitas políticas, para serem implementadas, necessitam de suporte tecnológico e vice-versa. A exemplo do que ocorreu no Congresso realizado em 2002, em Foz do Iguaçu, PR, ao final do evento, será redigido um documento orientador a ser entregue às autoridades governamentais. "Pretendemos fazer uma revisão, item por item, do documento elaborado em Foz do Iguaçu. A partir daí, veremos o que foi ou não implementado e sugeriremos novas ações", afirmou.

A idéia de realizar um Congresso de porte para a cadeia produtiva do leite surgiu há quatro anos, em Goiânia, durante o Segundo Simpósio de Sustentabilidade da Pecuária de Leite no Brasil. No ano seguinte, na mesma cidade, ao Simpósio, foi agregado o Workshop sobre Políticas Públicas, dando origem ao Congresso Internacional do Leite, que passou a ser itinerante.

Sem fins lucrativos (não há taxa de inscrição), o evento procura reunir o maior número possível de pessoas objetivando aumentar a representatividade do setor. Informações sobre o Congresso podem ser obtidas no site da Embrapa Gado de Leite (www.cnpgl.embrapa.br).

Fonte: Assessoria de Imprensa da Embrapa Gado de Leite, adaptado por Equipe MilkPoint

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint