FAZER LOGIN COM O FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Você tem intolerância à lactose. E agora?

Primeiramente é importante que o indivíduo com intolerância à lactose conheça as quantidades-limite de alimentos lácteos que pode consumir. É importante que as pessoas descubram as diferentes opções de produtos disponíveis no mercado e busquem estratégias que funcionem melhor para o seu organismo.

Alguns especialistas do Instituto Nacional de Saúde (NIH, sigla em inglês), da Academia Americana de Pediatras (AAP, sigla em inglês), da Associação Médica Americana (NMA, sigla em inglês) e do Programa de Nutrição para Mulheres, Bebês e Crianças (WIC, sigla em inglês), todos nos Estados Unidos, divulgaram que as pessoas com intolerância à lactose devem continuar colhendo os benefícios do leite e outros produtos lácteos e, para tal, incentivam o consumo diário destes alimentos. Eles afirmam que nutricionistas podem ajudar a criar uma dieta rica em produtos lácteos destinada especificamente para esses indivíduos.

Abaixo, apontamos algumas estratégias que podem ajudar as pessoas que sofrem de intolerância à lactose a desfrutar, sem desconforto ou constrangimento, de porções diárias de produtos lácteos recomendadas pelo Dietary Guidelines, lançado em 2010 nos Estados Unidos.

O “Dietary Guidelines” é um documento divulgado e projetado pelos Estados Unidos que tem por objetivo ajudar os norte-americanos a terem uma dieta mais saudável, melhorando os seus padrões gerais alimentares ao fazer uma combinação completa de alimentos e bebidas na dieta.  

produtos sem lactose Consuma produtos sem lactose

Aproveite a variedade de produtos lácteos sem lactose hoje disponibilizados no mercado. As empresas vêm oferecendo para os consumidores cada vez mais opções deliciosas e acessíveis. 


iogurtes - lactose Acrescente iogurtes na sua dieta

O iogurte costuma ser mais bem tolerado por maus absorvedores de lactose do que o leite. Durante a sua produção, parte da lactose é fermentada, produzindo ácido láctico, o que resulta em uma diminuição de 25% a 50% da lactose. 

intolerância à lactose - mistura de alimentos Misture os lácteos com outros alimentos

Misture o leite com outros alimentos, como sopas, cereais, frutas ou beba uma porção de leite em cada refeição. Os alimentos sólidos ajudam a reduzir a velocidade de digestão e contribuem para dar mais tempo para o corpo digerir a lactose. 

variedade de produtos lácteos Explore a variedade dos produtos lácteos

Experimente outros produtos lácteos em pequenas quantidades com as refeições para determinar quais e em que quantidades eles não causam problemas. 


queijos - intolerância à lactose Inclua queijos na dieta

Corte em fatias e inclua queijos (como o muçarela, parmesão, cheddar ou suíço) em sanduíches ou outras guarnições. Decore legumes, massas e saladas com o seu queijo favorito. É uma maneira fácil de consumir produtos lácteos com quantidades mínimas de lactose. 

enzima lactase Use a enzima lactase

Além dos produtos sem lactose, os indivíduos podem fazer o uso da enzima lactase existente no mercado e que pode ser adicionada ao leite ou ingerida na forma de medicamento e, dessa forma, se beneficiar dos produtos lácteos. 

É possível que as crianças sofram de intolerância à lactose?

A intolerância à lactose em crianças é menos comum quando comparado aos adultos. Consulte um médico pediatra e uma nutricionista especialista em crianças. De acordo com a Acadêmia Americana de Pediatria (AAP, na sigla em Inglês), as crianças que apresentam intolerância à lactose ainda podem e devem incluir produtos lácteos na dieta com o intuito de atender a demanda de cálcio, vitamina D, proteínas e outros nutrientes importantes para a saúde dos ossos e que são essenciais para o crescimento.
crianças - intolerância à lactose

A intolerância à lactose é um tema cada vez mais em evidência, gerando interesse nos consumidores e empresas. Mas afinal, o que realmente é a intolerância à lactose?

A intolerância à lactose é um tipo de sensibilidade alimentar. Pessoas que sofrem de intolerância à lactose não possuem a quantidade da enzima lactase suficiente para decompor a lactose e, assim permitir sua plena utilização pelo organismo. Esta condição causa distúrbios intestinais a quem consome uma quantidade de lactose maior do que aquela que o seu corpo pode digerir e absorver.

O MilkPoint, em parceria com a DSM, lançou o e-book "Mitos e verdades sobre a intolerância à lactose", que tem o intuito de apresentar informações atualizadas sobre o tema, bem como estratégias que podem ajudar indivíduos que tenham esta condição a desfrutar dos alimentos lácteos, atendendo, desta forma, às recomendações nutricionais e desfrutando do prazer por eles proporcionados.

Além disso, outras dúvidas comuns serão respondidas, como as principais diferenças entre a intolerância à lactose e a alergia ao leite e como se faz o diagnóstico do problema. Acesse, confira e se atualize!

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.