ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Verba para combate a aftosa aumenta 114%

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 05/01/2005

1 MIN DE LEITURA

0
0
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) dará total prioridade à erradicação da febre aftosa do território nacional em 2005. Neste ano, o ministério terá R$ 65,3 milhões para custear e investir em ações de combate à doença nas 27 unidades da federação. O volume de recursos é 114% superior aos R$ 30,5 milhões destinados pelo governo federal às ações em 2004.

"A vacinação é a única forma de eliminar a febre aftosa no Brasil. Por isso, é muito importante que todos os animais sejam imunizados", diz o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues. "Estamos em guerra contra a aftosa". Rodrigues lembra que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez recentemente um apelo pessoal a todos os presidentes da América do Sul para ampliar o combate à doença em todo o continente.

A prioridade no combate à aftosa pode ser medida pelo volume de recursos destinado pelo governo federal a essas ações no ano passado. O Mapa repassou R$ 14,975 milhões de seu orçamento aos órgãos estaduais executores das ações de defesa agropecuária para combater a aftosa. Os esforços foram concentrados nas regiões Norte e Nordeste, segundo um acordo unânime feito pelos secretários de Agricultura de todos os estados, em abril de 2004, durante reunião na Agrishow de Ribeirão Preto (SP).

Mas, além disso, o presidente Lula decidiu pessoalmente destinar mais R$ 44 milhões do orçamento do governo federal, por meio de uma Medida Provisória, para ações de defesa agropecuária. Desse total, R$ 15,515 milhões foram investidos na erradicação da aftosa em todos os estados do Centro-Sul do país.

A Secretaria de Defesa Agropecuária terá um orçamento de R$ 161 milhões para todas as suas ações em 2005, um acréscimo de 44% sobre 2004. No ano passado, os recursos chegaram a R$ 112 milhões, entre orçamento e verbas extraordinárias. O ministério terá um orçamento global de R$ 845 milhões para 2005. Além disso, o ministério gastará R$ 73 milhões em dívidas, R$ 49 milhões em subvenções e outros R$ 2,042 bilhões na formação dos estoques estratégicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Fonte: Mapa, adaptado por Equipe MilkPoint

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint