ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Valor bruto da produção de leite caiu 7,3% em 2001

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 05/03/2002

2 MIN DE LEITURA

0
0
Setor encolhe em R$ 500 milhões

O pior desempenho do setor agropecuário em 2001, ficou por conta do leite, queda de 7,3% no VBP. O faturamento da pecuária leiteira encolheu de R$ 7,1 bilhões em 2000 para R$ 6,6 bilhões no ano passado, segndo dados divulgados ontem pela Confederação Nacional da Agricultura (CNA). Na avaliação de Vicente Nogueira Neto, o chefe do Departamento Econômico da CNA, o resultado do leite poderia ter sido pior não fossem medidas antidumping adotadas para a importação.

Outros produtos

O Produto Interno Bruto (PIB) do setor agropecuário fechou o ano de 2001 com R$ 99,40 bilhões, 4,73% a mais que o valor registrado em 2000 (R$ 94,91 bilhões). Esse resultado é decorrente da soma do PIB alcançado na agricultura, que foi de R$ 54,54 bilhões em 2001 (8,65% a mais que o ano anterior), e do PIB da pecuária que chegou a R$ 44,86 bilhões (0,33% a mais que em 2000).

Segundo Nogueira, esta é a primeira vez, depois de dois anos, que o segmento da pecuária deixa de liderar o resultado global do PIB da agropecuária.

O bom desempenho se deve ao aumento da safra agrícola de 2001 (98,55 milhões de toneladas de grãos, contra 83,25 milhões de toneladas em 2000), e à manutenção do aumento médio real de alguns preços agrícolas como os da soja, laranja e cana-de-açúcar. Segundo Nogueira, o ganho nesses preços refletiu a desvalorização do real em relação ao dólar.

De acordo com a CNA, o baixo desempenho da pecuária decorreu da queda acentuada do preço do leite, que atingiu 30% em algumas regiões do país, em especial a partir do segundo semestre do ano passado.

Os dados da CNA indicam que o PIB do agronegócio somou R$ 344,95 bilhões no acumulado em 2001, o que supera em 1,85% os R$ 338,67 bilhões de 2000. Numa análise isolada, os técnicos apontam que o agronegócio da agricultura aumentou 2,01% no ano passado, enquanto o agronegócio da pecuária cresceu 1,50% na comparação com 2000. O setor de insumos do agronegócio obteve crescimento de 4,16% em 2001. Na agricultura, os produtores pagaram preços 5,88% maiores e na pecuária, 1,55% a mais.

Evolução tímida

O faturamento do setor pecuário medido pelo Valor Bruto da Produção (VBP) cresceu 1,5%. Fechou o ano em R$ 37,8 bilhões, contra os R$ 37,2 bilhões registrados em 2000. O faturamento da carne bovina aumentou só 2,6% e fechou em R$ 19,4 bilhões. A redução do abate na União Européia, por conta da doença da vaca louca, deu ao Brasil a oportunidade de conquistar novos mercados. As exportações cresceram 55,6% em volume.

Entre os produtos analisados no segmento da pecuária, apenas o suíno teve alta de preços. Com a valorização do produto, o VBP cresceu 6,7% no ano passado. Além do câmbio, a queda no valor do milho, base para a ração, também ajudou a melhorar a competitividade no mercado interno. A receita com as exportações teve alta de 112,83%.

Entre todos os subsetores, foi o frango que apresentou o maior crescimento em faturamento, com uma taxa de 6,1%, totalizando R$ 7,5 bilhões, contra os R$ 7 bilhões registrados no ano anterior. Aumentando a receita com as exportações em 59,31%. A queda de preços afetou a avicultura de corte, que perdeu 1,3% em faturamento.

Fonte: Diário Catarinense, Correio do Povo/ RS, Folha de São Paulo (por Alexa Salomão) e Diário de Cuiabá, adaptado por Equipe MilkPoint

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint