ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

USDA estendeu prazo para inscrição no Programa de Proteção de Margens de Lácteos

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 04/11/2014

2 MIN DE LEITURA

0
0
O secretário de Agricultura dos Estados Unidos, Tom Vilsack, falando durante a reunião anual da Federação Nacional de Produtores de Leite (NMPF) na quarta-feira, anunciou que estendeu os prazos para o Programa de Proteção de Margens de Lácteos (Dairy Margin Protection Program - DMPP). Os produtores agora têm até 5 de dezembro para se inscrever no programa voluntário, estabelecido na lei agrícola americana – Farm Bill 2014. O programa fornecerá assistência financeira para os produtores participantes quando a margem – diferença entre o preço do leite e os custos dos alimentos animais – cair para menos do que o nível de cobertura selecionado pelos produtores (leia mais sobre o programa aqui: https://www.milkpoint.com.br/cadeia-do-leite/comercio-internacional/produtores-de-leite-dos-eua-poderao-se-inscrever-no-programa-de-protecao-de-margens-a-partir-de-setembro-90924n.aspx).

“Nós queremos que os produtores de leite tenham tempo suficiente para fazer escolhas pensadas e bem estudadas. Os mercados mudam e o Programa de Proteção de Margens pode ajudar a proteger os produtores de leite dessas mudanças”, disse Vilsack.

Ele estimulou os produtores a usarem recursos online do site www.fsa.usda.gov/mpptool para calcular os melhores níveis de cobertura para sua operação leiteira. “Cenários históricos também podem ser explorados para ver como o Programa de Proteção de Margem funcionaria se condições ruins de mercado ocorressem novamente no futuro”, disse ele. O site pode ser acessado por computador, smartphones e tablets.

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) também estendeu a oportunidade para comentários públicos sobre esse programa e sobre o Programa de Doação de Produtos Lácteos até 15 de dezembro de 2014.

“O USDA está comprometido em criar fortes oportunidades para a próxima geração de produtores e pecuaristas. Quando os produtores de leite trazem novos membros da família ao negócio, essas mudanças podem afetar a cobertura da rede de segurança. Se nossas atuais leis dificultam mudanças entre gerações ou se melhoras são necessárias nesses programas, então ouviremos isso dos produtores de leite”.

Esse anúncio feito por Vilsack foi possível graças à Farm Bill 2014, que baseou-se em ganhos econômicos históricos na América rural nos últimos cinco anos, enquanto se obteve uma reforma significativa e bilhões de dólares em economia dos contribuintes. Desde sua promulgação, o USDA fez progressos significantes para implementar cada provisão dessa legislação crítica, incluindo fornecer alívio a desastres para agricultores e pecuaristas; fortalecimento de ferramentas de gestão de riscos; expansão do acesso a créditos rurais; financiamento de pesquisas críticas; estabelecimento de parcerias inovadoras de conservação público-privado; desenvolvimento de novos mercados para produtos rurais; e investimento em infraestrutura, instalações e equipamentos comunitários para ajudar a melhorar a qualidade de vida na América Rural.

Os dados são do site do USDA (www.usda.gov), traduzidos pela Equipe MilkPoint Brasil.
 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint