ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Reino Unido: membros do setor determinam "código de boas práticas" para contratos de leite

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 11/09/2012

1 MIN DE LEITURA

0
0
Processadores e representantes do Reino Unido determinaram um código de boas práticas relacionado aos contratos de oferta de leite - o último esforço feito pela indústria de lácteos britânica para reconstruir as relações ameaçadas pelos protestos ao preço do leite.

Representantes das organizações Dairy UK, União Nacional de Produtores Rurais (NFU) e União Nacional de Produtores Rurais da Escócia (NFUS) começaram as discussões em julho de 2012, após protestos relacionados às reduções dos preços do leite planejadas pelos processadores.

Eles se reuniram na semana passada para resolver os detalhes finais do documento, que visa maior transparência e fornece aos produtores garantia de que não estarão em desvantagem no mercado.

O Dairy UK, que representa os interesses da cadeia de fornecimento de lácteos dos Reino Unido, tem esperanças de que o acordo ajudará a reconstruir "as relações de confiança e entendimento mútuo" entre produtores e processadores.

Nos últimos dias, os processadores de lácteos do Reino Unido, Arla Foods UK e Robert Wiseman Dairies, anunciaram planos similares em um esforço para retomar a confiança de seus fornecedores de leite.

Eles estipularam que os produtores precisarão ser notificados quando houver mudança no preço pelo menos com 30 dias de antecedência e que as alterações retrospectivas nos preços não serão mais aceitáveis. Caso os fornecedores de leite discordem da mudança de preços, têm o direito de romper contrato com três meses de aviso prévio.

A publicação dos detalhes exatos do documento foi adiada, enquanto os advogados o estudam para ver se há possíveis implicações na lei de competição.

De acordo com o diretor geral do Dairy UK, Jim Begg, os princípios do acordo permitirão reparar as relações produtor-processador. "O código deve também permitir que produtores e processadores de leite construam confiança e entendimento mútuo. Somente nessa base a indústria pode criar um valor agregado que a protegerá da volatilidade de preços".

A Arla Foods UK aumentou o padrão de preços aos produtores de leite. A empresa também adotou um novo modelo de compra e fixação de preços do leite.

A Farmer for Action (FFA) - grupo que esteve por trás dos protestos pelo preço do leite - ficou satisfeita com o novo código de boas práticas na indústria de lácteos e com os esforços da Arla Foods UK. Entretanto, o grupo pontuou com preocupação a relutância de outros processadores em melhorar suas ofertas.

A reportagem é do Dairy Reporter, traduzidas e adaptadas pela Equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint