ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Produtor de leite reage à crise no Paraná

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 16/08/2002

1 MIN DE LEITURA

0
0
Os maiores produtores de leite do Paraná estão superando a crise que levou dezenas de criadores de gado a vender rebanhos inteiros no último ano. Em agosto de 2001, o litro de leite era fornecido às indústrias a cerca de R$ 0,30 centavos e hoje o preço chega a R$ 0,42. Quem considera que o mercado voltou a crescer acredita também que o aumento do poder de barganha diante das indústrias foi decisivo.

A discussão sobre o fortalecimento das cooperativas e a formação de "pools" de criadores espalha otimismo entre os participantes da 2ª Agroleite, que começou anteontem (14) e termina no sábado (17), em Castro. Os organizadores dizem que as metas da feira, atrair 30 mil criadores de gado e movimentar R$ 5 milhões, foram baseadas no ânimo do setor.

"Nenhum produtor tem condições de negociar sozinho com indústrias e fornecedores de insumos. As cooperativas conseguem melhores preços porque trabalham com um volume bem maior de produtos", diz o produtor José Burka, de 48 anos. Ele identifica uma redução de custo de 35% para os integrantes da Cooperativa de Laticínios de Sorocaba (Colaso), que atua na região da divisa do Paraná com São Paulo.

Fonte: Gazeta do Povo/PR (por José Rocher), adaptado por Equipe MilkPoint

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint