ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Preços do leite no varejo aumentam nos EUA à medida que as exportações crescem

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 24/02/2014

2 MIN DE LEITURA

0
0
Comprar um galão de leite no varejo dos Estados Unidos está ficando mais caro e o custo pode alcançar um recorde aos consumidores americanos em março, alertaram os analistas.

A forte demanda global e a produção estagnada em outros países levaram a maiores exportações de produtos lácteos dos Estados Unidos nos últimos meses, gerando mais dinheiro aos produtores, mas resultando em aumentos prováveis de preços de 10-20% em nível de varejo em alguns mercados, de acordo com analistas.

“A demanda tem sido maior do que a oferta nos últimos meses”, disse o analista do setor de lácteos dos Estados Unidos, Jerry Dryer. “Os preços estão aumentando”.

Dryer disse que o atual preço ao produtor pelo leite está em cerca de US$ 23 por 100 libras (US$ 50,71 por 100 quilos), comparado com US$ 17-18 por 100 libras (US$ 37,48-39,68 por 100 quilos) no mesmo período do ano anterior.

A demanda da China em particular tem sido um fator de aumento nas exportações de produtos lácteos dos Estados Unidos, disse ele. O aumento da demanda da China somente em 2013 foi igual ao aumento total da produção de leite nos Estados Unidos, União Europeia (UE), Austrália e Nova Zelândia, de acordo com a Federação Nacional de Produtores de Leite.

A maior processadora de lácteos dos Estados Unidos, Dean Foods Co., citou as pressões globais de demanda quando alertou no começo do mês que seus lucros sofreram pressão por um aumento surpresa no preço do leite cru.

A economista do setor de lácteos, Mary Ledman, disse que os preços do leite vêm aumentando desde o meio de 2013 devido à demanda global por leites em pó e acelerados recentemente à medida que os queijos domésticos apresentaram o maior preço já registrado, de US$ 2,36 por libra (US$ 5,20 por quilo) no final de janeiro. “Esse aumento no mercado de queijos resultará no maior preço do leite fluido registrado em março”. Para os consumidores de leite fluido, isso significa que, em alguns mercados, seu preço varejista pode aumentar em cerca de 10-20%, disse ela.

A produção de leite aumentou levemente em dezembro com relação ao mesmo mês do ano anterior, de acordo com o relatório mais recente do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), e havia aproximadamente 8,5 milhões de vacas leiteiras, também mais que no ano anterior.

Porém, de forma geral, os produtores foram prejudicados em seus esforços para aumentar a produção devido a uma mistura de fatores, que incluem altos custos dos alimentos animais e clima desfavorável. A produção de leite aumentou em apenas 0,4% em 2013, comparado com 2012, disse a Federação Nacional de Produtores de Leite. Essa tendência está se revertendo e os produtores de leite deverão aumentar a produção nesse ano, de forma que os aumentos de preços devem ser de curto prazo, com os preços se estabilizando no verão, disseram os analistas. “Será de curta duração”, disse Ledman.

A reportagem é da Reuters, traduzida e adaptada pela Equipe MilkPoint.
 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint