ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Para Alvim, intervenção na Parmalat dificulta solução para crise

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 24/03/2004

1 MIN DE LEITURA

0
0
A Câmara Setorial do Leite voltou a discutir a crise da Parmalat. A Confederação dos Trabalhadores da Agricultura do Rio Grande Sul (Contag-RS) alertou que a planta industrial da empresa em Carazinho (RS), uma das maiores da América Latina, só está captando 10% da sua capacidade operacional.

Alvim usa o exemplo para explicar que a situação preocupa muito, já que essas fábricas farão falta no momento em que houver aumento de produção. "Se esse leite foi distribuído entre outras indústrias que compram no mercado, já que estamos entrando num período de entressafra, sobretudo no Centro-Sul, com certeza elas farão falta quando a produção crescer e entrarmos na safra novamente, no final de ano", alertou.

Ele reafirmou que a intervenção judicial na Parmalat Brasil impede uma possível solução para a crise, pois emperra o "fatiamento" das plantas, o que permitiria a aquisição das unidades da empresa pelas cooperativas e que, enquanto os juízes querem sanear a Parmalat no Brasil, a própria matriz italiana já desistiu da filial. "O único país da América do Sul que a matriz quer preservar é a Venezuela. Isso está claro. Como uma empresa vai existir se a própria matriz não tem mais interesse nela?" questiona.

Na reunião, também foi criado um grupo temático para realizar um projeto de pecuária leiteira a longo prazo. O objetivo é aumentar a produção e as exportações do setor. A câmara setorial volta a se reunir dentro de 60 dias, quando o grupo temático deve apresentar a sua proposta inicial.

Fonte: Mapa, adaptado por Equipe MilkPoint

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint