ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Panorama do mercado de fertilizantes

POR EDUARDO NUNES

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 02/03/2016

0
0
O mercado internacional de fertilizantes começa a sinalizar movimentos de acerto entre demanda e oferta, através de redução de produção e exportação de cloreto de potássio (KCL) no Canadá, e por encontros na China para discutir estratégia de exportação de DAP, por exemplo. 

Em contrapartida, o mercado de nitrogenado – em evidência a ureia, em função do incentivo de produção por parte dos chineses, continua inalterado. Especialmente enquanto os preços do petróleo, que é um dos principais insumos para a produção estiver em baixa. Hoje o petróleo Brent na bolsa de futuros da ICE FUTURES US é negociado em cerca de 34 USD/barril, enquanto em fevereiro do ano passado era negociado em aproximadamente 60 USD/barril.

No mercado de OTC, que são contratos de balcão negociados fora da bolsa e utilizados para hedge (proteção ante variação de preços), tanto a ureia quanto o MAP para importação nos portos brasileiros demonstram uma tendência de apreciação, refletindo a expectativa de alta dos participantes de tal mercado, que possui players atuantes como especuladores, comerciantes internacionais, produtores e consumidores finais de larga escala.

Ademais, ao longo da semana a disponibilidade de ureia granulada em Paranaguá para retirada imediata continuou reduzida. Porém, há produto sendo descarregado de navios no porto paranaense – principal porto de importação de fertilizantes no país. Houve indicação de negócio fechado a 223 USD/ton para retirada em Araucária-PR para a ureia perolada de produtor nacional, e oferta no porto de Paranaguá-PR a 300 USD/ton de produto para retirada imediata. Ambas as vendas para consumidores de larga escala.

Por fim, no curto prazo o tom para o complexo NPK está em tendência de alta de preços no mercado internacional CFR Brasil (importações de navios), cotado em USD/ton. apesar da baixa sazonalidade nacional. Em relação aos preços em reais, a conjuntura econômica e instabilidade política nacionais continuam a construir um tom de desvalorização da moeda nacional ante o dólar norte americano.

Até o momento o dólar já valorizou cerca de 2% no ano. Já o índice de preços de formulados desenvolvido pela NPK Soluções em Fertilizantes, que é composto por mais de 60 diferentes formulados já depreciou mais de 9% em R$/ton desde o começo de Janeiro conforme gráfico abaixo.



*índice desenvolvido pela NPK Soluções em Fertilizantes Ltda.

Este report foi produzido pela NPK Soluções, que possui um boletim semanal, mais detalhado, que poderá ser assinado clicando em http://www.npksolucoes.com.br/assine.


 

EDUARDO NUNES

Administrador de empresas com experiência em multinacionais, como a Louis Dreyfus, e fundador da NPK Soluções, empresa especializada na prestação de serviços inovadores e customizados no setor de fertilizantes.

0

COMENTÁRIOS SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Seu comentário será exibido, assim que aprovado, para todos os usuários que acessarem este material.

Seu comentário não será publicado e apenas os moderadores do portal poderão visualizá-lo.

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.