ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

NZ: Fonterra aumenta previsão de pagamento pelo leite

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 29/05/2007

1 MIN DE LEITURA

2
0
A cooperativa de lácteos neozelandesa Fonterra aumentou significantemente sua previsão de pagamento pelo leite aos produtores na próxima estação produtiva. Segundo reportagem da Radio New Zealand, a cooperativa está prevendo um pagamento de NZ$ 5,53 (US$ 4,02) por quilo de sólidos do leite, o equivalente a US$ 0,335 por quilo de leite, para a próxima estação, que começa no mês que vem.

Este valor é bem maior do que o da atual estação produtiva, de NZ$ 4,35 (US$ 3,16) por quilo de sólidos do leite, ou seja, US$ 0,2633 por quilo de leite.

O presidente da Fonterra, Henry van der Heyden, disse que este pagamento recorde é devido aos preços excepcionalmente altos das commodities e às melhorias realizadas em suas operações.

Economistas estimam que esta previsão recorde no pagamento pelo leite aos produtores injetará NZ$ 1,5 bilhão (US$1,09 bilhão) à economia do país.

O economista do Westpac Banking Corporation, Doug Steel, disse que esta previsão de pagamento reflete o fato de os preços mundiais do leite em pó terem dobrado nos últimos 12 meses. Ele estimou que esta nova previsão poderá significar um aumento individual no rendimento dos produtores de leite da Fonterra de cerca de NZ$ 135 mil (US$ 98,29 mil), estimativa que tem agradado aos produtores.

O presidente da Dairy Farmers of New Zealand, Frank Brenmuhl, disse que muitos produtores que estão perdendo dinheiro poderão retornar à lucratividade com este aumento previsto.

Em 24/05/07 - 1 Dólar Neozelandês = US$ 0,72814
1,37336 Dólar Neozelandês = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)

2

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

EDSON AFONSO ALVARENGA

ARAXÁ - MINAS GERAIS - PRODUÇÃO DE LEITE

EM 29/05/2007

Sobre o comentário do Charlston Damis de Uberlândia, o preço do leite nunca mais retrocederá, pois o produtor de leite perdeu a capacidade de trabalhar no vermelho.

No mais, a Nova Zelândia está mais perto da China do que do Brasil, e depois que o chinês aprendeu a beber leite, crise leiteira nunca mais.

Um abraço para todos os produtores de leite, obrigado.
CHARLSTON DAMIS RODRIGUES

UBERLÂNDIA - MINAS GERAIS - CONSULTORIA/EXTENSÃO RURAL

EM 29/05/2007

Acredito que este aumento significativo no preço do leite neozelandês, em torno de 26%, provocará um aumento na produção de leite neste país, visto que a pecuaria leiteira deste possui uma grande capacidade.

Caso isso ocorra, poderá refletir diretamente nos preços praticados no Brasil, com até uma possível queda de preços, dando uma freada na euforia do setor que vem ocorrendo desde o inicio do ano.
MilkPoint AgriPoint