ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Nova Zelândia: Déficit comercial alcança menor valor em 6 anos graças à queda nas vendas de leite à China

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 01/12/2014

1 MIN DE LEITURA

0
0
As exportações de lácteos da Nova Zelândia à China estão caindo, gerando uma lacuna nas exportações totais de outubro e deixando o déficit comercial mensal pior do que o esperado de mais de NZ$ 900 milhões (US$ 705,28 milhões).

O déficit comercial de NZ$ 908 milhões (US$ 711,55 milhões) foi o pior para esse mês em seis anos, após uma grande queda nos preços do leite em pó desde o começo do ano. Foi pior do que o valor de NZ$ 640 milhões (US$ 501,53 milhões) previsto pelos economistas.

A balança comercial anual recuou de um superávit de NZ$ 1,8 bilhão (US$ 1,41 bilhão) para o ano até agosto para um déficit anual de NZ$ 107 milhões (US$ 83,85 milhões) para o ano até o final de outubro. Essa foi a primeira vez que a Nova Zelândia teve déficit anual desde o final do ano passado.

As importações e as exportações foram maiores do que o esperado no mês, disseram os economistas do Westpac. As exportações de lácteos foram mais fracas do que o esperado, com os preços e os volumes caindo em mais de 4% entre setembro e outubro, sazonalmente ajustados, disse o Westpac.

Os últimos dados comerciais mostram que a Austrália foi novamente o maior mercado de exportação da Nova Zelândia, desbancando a China. Dados do Statistics New Zealand mostram que as exportações caíram em NZ$ 215 milhões (US$ 168,48 milhões) em outubro, 5,1% a menos que no mesmo mês do ano anterior.

O leite em pó teve a maior queda nas exportações à China, caindo em 77%, para NZ$ 459 milhões (US$ 359,69 milhões). Os volumes caíram em 67%.



Leite em pó, manteiga e queijos tiveram queda nas exportações para todos os países, de NZ$ 361 milhões (US$ 282,89 milhões), à medida que outros países como Argélia receberam valores maiores que em outubro de 2013.

“As exportações de leite em pó à China caíram após preços e quantidades recordes alcançados no final de 2013, contribuindo para a queda de 40% nas exportações à China”, disse o gerente de estatísticas internacionais do Statistics New Zealand, Jason Attewell.

O valor das importações aumentou em NZ$ 525 milhões (US$ 411,41 milhões) (12%), para NZ$ 4,9 bilhões (US$ 3,83 bilhões) comparado com outubro de 2013.

A reportagem é do https://www.stuff.co.nz.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint