ENTRAR COM FACEBOOK ESQUECI MINHA SENHA SOU UM NOVO USUÁRIO

Leite em pó tem alta em leilão após importações elevadas da China

O leite em pó integral registrou alta expressiva no leilão da plataforma Global Dairy Trade (GDT), referência de preços para o mercado internacional, realizado ontem (01). A tonelada do produto fechou a US$ 1.974, alta de 4,4% sobre os US$ 1.890 do leilão do dia 16 de fevereiro. No caso do leite em pó desnatado, a alta foi mais modesta, de 2,27% , para US$ 1.802 por tonelada. Na média geral (considerando outros lácteos), os preços subiram 1,4% no leilão de ontem (01), para US$ 2.253 por tonelada, conforme dados divulgados pela plataforma.

Os preços do leite em pó vinham caindo nos últimos leilões, mas a notícia de que a China, maior importadora mundial de lácteos, importou 153 mil toneladas de leite em pó integral e desnatado em janeiro passado, sustentou os preços no leilão, avalia Valter Galan, analista da consultoria especializada em lácteos MilkPoint. Ele considera, porém, que a influência do dado sobre a importação sobre os preços foi pequena, dado que os volumes comprados pela China foram muito grandes.

O volume de lácteos importado pelo país asiático em janeiro foi 4,4 vezes maior que o comprado pelo país em dezembro de 2015 e 49% superior ao do mesmo mês de 2015, conforme dados da consultoria italiana CLAL, especializada em mercado de lácteos, compilados pelo MilkPoint.

Mais uma vez, segundo Galan, não é possível dizer que a alta do leilão seja uma tendência. Ele pondera que é necessário ver se as importações de lácteos da China em fevereiro manterão o ritmo forte. Se não mantiverem, seria um sinal de que as importações de janeiro podem ter sido “oportunistas”.

Isto é, os chineses teriam importado mais em janeiro para aproveitar o período do ano em que vigora uma tarifa preferencial de importação, de 2,5%, nas compras de lácteos da Nova Zelândia. Normalmente, a tarifa é de 10%. Outra razão seria aproveitar os baixos preços do produto no mercado internacional para recompor os estoques.

Para Galan, a alta menos expressiva do leite em pó desnatado no leilão pode ser explicada pelos elevados estoques do produto tanto nos EUA quanto na União Europeia. 

Leia também:

Leilão GDT: apesar de alta, leite em pó integral continua abaixo de US$2.000/ton

As informações são do Valor Econômico.

0

COMENTÁRIOS SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Seu comentário será exibido, assim que aprovado, para todos os usuários que acessarem este material.

Seu comentário não será publicado e apenas os moderadores do portal poderão visualizá-lo.

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.