ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Lactalis diz que operações no Brasil afetaram resultado semestral

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 03/08/2015

2 MIN DE LEITURA

0
0
O grupo francês Lactalis, dono da marca Parmalat, informou que as operações adquiridas da Lácteos Brasil (LBR) impactaram negativamente o resultado semestral da companhia em 2015, mas que melhorias operacionais em andamento já indicaram melhora no desempenho desta unidade nos últimos três meses.

Segundo a Lactalis, a LBR registrou Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) negativo em 5,7 milhões de euros nos seis primeiros meses do ano. "As operações adquiridas da LBR foram afetadas negativamente pelo desafio de retomar a produção após uma interrupção parcial", explica a companhia em relatório de resultados, referindo-se ao período de recuperação judicial da empresa brasileira.

De acordo com a Lactalis, isso fez com que produtos ficassem indisponíveis em pontos de vendas e impactou resultados. No País, os executivos ressaltam que a companhia está melhorando operações para alcançar níveis de rentabilidade "em linha com o padrão (da empresa)".

A Lactalis afirma já ter visto avanços neste processo nos últimos três meses e diz que "uma nova melhora da lucratividade é esperada para o segundo semestre". Na primeira metade do ano, o grupo Lactalis registrou lucro de 38,5 milhões de euros, queda de 57,2% ante o mesmo período de 2014.

O Ebitda recuou 8,1%, para 169,4 milhões de euros e as receitas subiram 13,2%, a 2,617 bilhões de euros. A companhia também reportou seus números semestrais em termos ajustados, desconsiderando aquisições recentes no Brasil, Itália, México e Austrália e retirando efeitos da hiperinflação na Venezuela.

Neste caso, o lucro avançou 5,6%, o Ebitda subiu 10,3% e as receitas, 6%. A companhia destacou que o mercado de lácteos tem sido afetado pela queda nos preços do leite, o que diminui custos de produtos de maior valor agregado, mas reduz a geração de receitas.

O grupo francês também cita que os países desenvolvidos seguem em crescimento econômico moderado e que emergentes estão em desaceleração, o que é negativo para o consumo.

Em relatório, a Lactalis afirmou sua estimativa de crescer entre 3% e 5% em receitas e Ebitda em 2015, considerando termos ajustados. Com a compra da divisão de lácteos da BRF, finalizada este mês, a companhia diz ser possível que as receitas aumentem até 8% este ano.

As projeções, diz a empresa, estão no intervalo inferior de guidances divulgados anteriormente. A Lactalis também cita que pagou 573,2 milhões de euros à BRF pela sua divisão, ante preço anteriormente estipulado em 623,6 milhões de euros. A diferença decorre da estratégia de hedge implementada pela companhia logo após a assinatura do contrato, em dezembro do ano passado.

As informações são da Revista Globo Rural. 

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint