ESQUECI MINHA SENHA CONTINUAR COM O FACEBOOK SOU UM NOVO USUÁRIO
Buscar

Itália: 6 medidas para ajudar o setor lácteo pós-cotas

GIRO DE NOTÍCIAS

EM 15/04/2015

1 MIN DE LEITURA

0
0
O Ministério da Agricultura italiano apresentou um pacote de seis medidas para ajudar o setor lácteo a adaptar-se a um futuro sem cotas. As medidas, presentes no "Plano Extraordinário para o Leite Italiano", foram apresentados em uma conferência da organização agrária Coldiretti.

Tais medidas podem ser conferidas abaixo:

1. Fundo de Investimentos na Qualidade do Leite, cuja finalidade é ajudar os produtores a investirem na melhoria de qualidade, bem estar animal e redução de tratamentos com antibióticos. Foi elaborado com base na Lei italiana de Estabilidade 2015, que conta com orçamento de 108 milhões de euros para o período 2015-17. Os auxílios chegarão ao máximo de 15.000 € por propriedade, e o máximo de 200.000 € para as empresas, que depois da produção primária realizam também o processamento e comercialização. As contribuições ajudarão a cobrir as garantias de empréstimos e pagar juros. 

2. O logo "100% italiano", para o leite fresco e UHT produzido na Itália, de forma que o consumidor possa identificar facilmente a produção doméstica.

3. Promover a criação de uma entidade setorial, nos moldes da França e da Espanha que trabalhe em uma estruturação da cadeia de produção e mecanismos de formação de preços.

4. Fortalecer o equilíbrio nas relações contratuais, através de normas mais detalhadas que promovam o cumprimento da obrigação de um contrato escrito, com a disposição expressa de duração mínima de um ano. Além disso, haverá o monitoramento dos custos de produção, preço ao produtor, e preço ao consumidor, para lutar contra práticas desleais de concorrência. Também será acompanhado o cumprimento da norma que exige o pagamento em 30 dias de alimentos perecíveis.

5 - Estímulo ao consumo através de uma campanha institucional de comunicação (em estudo) e o projeto "Leite nas Escolas", em 2016, que chegará a mais de um milhão de crianças.

6 - Apoio à exportação, incluindo queijos com DOP [Denominação de Origem Protegida], destino da metade do leite produzido, e o "Plano de Internacionalização Made in Italy” que o Ministério do Desenvolvimento Econômico e o Ministério da Agricultura elaboram em conjunto, pela primeira vez.

As informações são do Agrodigital, traduzidas pela equipe MilkPoint.

0

DEIXE SUA OPINIÃO SOBRE ESSE ARTIGO! SEGUIR COMENTÁRIOS

5000 caracteres restantes
ANEXAR IMAGEM
ANEXAR IMAGEM

Selecione a imagem

INSERIR VÍDEO
INSERIR VÍDEO

Copie o endereço (URL) do vídeo, direto da barra de endereços de seu navegador, e cole-a abaixo:

Todos os comentários são moderados pela equipe MilkPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

SEU COMENTÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO!

Você pode fazer mais comentários se desejar. Eles serão publicados após a analise da nossa equipe.

MilkPoint AgriPoint